Temer teve que cancelar jantar de apoio | Fábio Campana

Temer teve que cancelar jantar de apoio

Eita! Michel Temer havia organizado um jantar para lideranças políticas.
O jantar em questão era uma tentativa de demonstrar que apesar de tudo o que está acontecendo, o presidente mantém apoio do Congresso.
Mas não deu quórum e o jantar acabou sendo transformado em uma conversa informal com grupo reduzido. A maioria de sua base aliada alegou que não chegaria a tempo, porque estava em seus estados de origem e o convite foi de última hora.

Ao contrário do samba de Adoniran Barbosa, os convidados não foram e Arnesto ficou a ver navios.


5 comentários

  1. Daniel Fernandes
    domingo, 21 de maio de 2017 – 19:59 hs

    Arnesto ficou a ver navios!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Sergio Silvestre
    domingo, 21 de maio de 2017 – 22:36 hs

    Golpes nunca da certo e traidores tem um fim terrivel,esse sujeito se enterrou,vai ser o assombração da vez,onde aparece todos correm.

  3. CARRASCO
    segunda-feira, 22 de maio de 2017 – 3:51 hs

    Jantar que virou um convescote… Cada vez mais sozinho…

  4. CARRASCO
    segunda-feira, 22 de maio de 2017 – 4:48 hs

    A “reunião” de apoio virou um bate papo de fim de semana. Isto
    prova ao Temer que o velho ditado que diz “Rei morto é Rei posto”
    é verdadeira. Na política só estão ao lado apoiando somente aqueles
    que levam vantagem. Se as vantagens acabarem o apoio ficou só
    na promessa. Assim funciona Brasília.

  5. Juca
    segunda-feira, 22 de maio de 2017 – 11:10 hs

    E o assassinato da língua pátria corre solo não é mesmo Calça Frouxa!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*