Temer pune 31 deputados por infidelidade | Fábio Campana

Temer pune 31 deputados por infidelidade

Foram 31 os deputados que perderam cargos no governo Michel Temer, inclusive para seus apadrinhados, em razão das traições na votação da reforma trabalhista na Câmara, aprovada por 296×177 votos. Entre os cargos retirados estão vice-lideranças na Câmara, cargos em ministérios, direção de autarquias, além de representações de órgãos federais nos Estados, gestão em empresas estatais etc. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As exonerações representam um recado aos “infiéis”, mas isto será reavaliado pelo Planalto e eventualmente redistribuídos entre aliados. Segundo André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso, “quando o assunto são reformas, o governo não está de brincadeira”.


Um comentário

  1. Azedo
    quarta-feira, 3 de maio de 2017 – 16:11 hs

    SaTanagem!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*