Sono da beleza | Fábio Campana

Sono da beleza

Painel, Folha de S. Paulo

Desde o acirramento das negociações das reformas, que costumam entrar pela madrugada, Michel Temer adquiriu um novo hábito: tira meia hora depois do almoço para tirar um cochilo no sofá de seu gabinete.


Um comentário

  1. CARRASCO
    quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 9:19 hs

    O sono do digníssimo poderia ser um pouco mais longo porque
    não faz diferença estar ou não…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*