Sobre o acordo com os irmãos Batista | Fábio Campana

Sobre o acordo com os irmãos Batista

Rodrigo Janot, no Uol

“Embora os benefícios possam agora parecer excessivos, a alternativa teria sido muito mais lesiva aos interesses do país, pois jamais saberíamos dos crimes que continuariam a prejudicar os honrados cidadãos brasileiros […] Finalmente, tivesse o acordo sido recusado, os colaboradores, no mundo real, continuariam circulando pelas ruas de Nova York, até que os crimes prescrevessem, sem pagar um tostão a ninguém e sem nada revelar, o que, aliás, era o usual no Brasil até pouco tempo”,


4 comentários

  1. Daniel Fernandes
    terça-feira, 23 de maio de 2017 – 15:59 hs

    E o pior é que em certo sentido, ele está certo.

  2. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 23 de maio de 2017 – 16:25 hs

    Desculpa e bunda todo mundo têm…

  3. Tostão
    terça-feira, 23 de maio de 2017 – 17:26 hs

    Esta é a desculpa mais esdrúxula que já ouvi.

  4. OTIMISTA
    quarta-feira, 24 de maio de 2017 – 5:43 hs

    A delação premiada passou a ser “delação SUPERpremiada” para
    os irmão Batista. Está na lei como funciona a delação, porem as apli-
    cações diferenciadas deixa este país à beira do colapso. Se roubar
    e mentir tanto é permitido em lei está na hora de roubarmos e fazer
    caixa 2 para o futuro. Assim passam a pensar os brasileiros desones-
    tos que circulam por aí. O nosso país ainda continua de pé porque
    uma pequena parcela de brasileiros ainda não perderam a dignida-
    de e a esperança que Deus colocou dentro do nosso coração.
    Espero um dia melhor ainda para os nosso filhos e netos…porque
    o meu já se foi…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*