Saia justa na toga | Fábio Campana

Saia justa na toga

A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, anota que a decisão do ministro Edson Fachin de empurrar para o plenário o habeas corpus de Antonio Palocci causou irritação generalizada na segunda turma do STF, que trata da Lava Jato. O único que neste momento atua como bombeiro no impasse é o decano Celso de Mello.

Integrantes e assessores da corte não economizaram críticas a Fachin. Disseram que ele deu provas de que não tem “calosidade” para ocupar a posição em que está. Houve ainda ironia pelo fato de a decisão ter sido combinada com a presidente do Supremo, Cármen Lúcia.

Advogados da Lava Jato aproveitaram para jogar ainda mais gasolina no episódio, dizendo que Edson Fachin descredibilizou a segunda turma.

Integrantes da corte não minimizaram o incômodo e fizeram questão de lembrar que, ganhando ou perdendo no plenário, Fachin terá de conviver com a segunda turma até o fim da Lava Jato.


9 comentários

  1. Sergio R.
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 15:44 hs

    calosidade = rabo preso.
    Disseram que ele deu provas de que não tem “calosidade” para ocupar a posição em que está.

  2. carlos eduardo
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 15:48 hs

    Parabéns ao ministro Fachin pela decisão tomada. Independente do resultado futuro, coloca a decisão para um colegiado mais eclético e menos suspeito

  3. TRANSPOSTO
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 17:44 hs

    OS TRÊS PATETAS DO STF. AMIGOS DOS PTRALHAS.

  4. Do Interior...
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 17:50 hs

    Isso tudo é medo do STF.

    Quando Palocci ameaçou botar a boca no trombone, o Gilmar MENDEs e outros se borraram e começaram a soltar a turma co pixulexo.

    logo depois, o Palocci desistiu de fazer a delação premiada.

    Além disso, o Gilmar Mendes ficou zangadinho por ser contrariado pela PGR.

    Quanto ao Toffoli e ao Lewandow$ki, todos sabemos que são do PT mesmo. Aliás, é um absurdo o Toffoli não se declarar impedido de julgar o José Dirceu, de quem era (ou é ainda) advogado.

  5. FUI !!!
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 18:44 hs

    A segunda turma do STF tem tres ministros que votam tudo a favor
    dos bandidos. Foi corretíssima o Ministro Fachin colocar para vota-
    ção no plenário porque se depender desta trinca Gilmar, Toffoli e
    Lewandowski todos os bandidos estariam presos. Já que os caras
    não tem cérebro nem consciencia o correto é a população pedir o
    impeachment deles.

  6. Djair
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 21:05 hs

    Bandidos vestidos de toga, simplesmente assim!

  7. Luiz Eduardo
    sábado, 6 de maio de 2017 – 10:03 hs

    Olha, vocês três, Gilmar |Mendescapto, Levandowisc e Toffodendo nem deveriam fazer parte do STF. Lá estão de favor. São auxiliares do Lula e não tem vergonha na cara. Então, deveriam calar a boca. Somente como prova, NAO TEM CONDIÇÕES DE COLOCAR A CARA NA RUA.

  8. Helena
    segunda-feira, 8 de maio de 2017 – 18:43 hs

    Adorei, Sr. Ministro Fachin!!!

  9. Emanuela
    segunda-feira, 8 de maio de 2017 – 19:44 hs

    Isso mesmo ministro Fachin, mostra para o Brasil os bandidos que usam Torga

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*