Rocha Loures, pai, na defesa do filho | Fábio Campana

Rocha Loures, pai,
na defesa do filho

O pai do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), que também tem o mesmo nome, assumiu a dianteira das da defesa, diante da fragilidade extrema em que se encontra o filho. Foi o pai, por exemplo, quem contratou o advogado Cezar Bittencourt para tocar o caso. As informações são de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Rocha Loures, o filho, oscila o tempo todo entre fazer ou não uma negociação de colaboração com o Ministério Público Federal. Pressionado por parte da família, nunca bateu o martelo.

Entre pessoas de seu círculo próximo há desde sempre uma certeza: uma delação de Loures só seria valiosa se feita antes de eventual queda de Michel Temer. A possibilidade de afastamento já parecia, nesta semana, mais distante do que na anterior. Loures, portanto, ganhou tempo.


5 comentários

  1. quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 10:31 hs

    A política embriaga e apodrece o caráter das pessoas. Tinha admiração pelo espírito empreendedor destes dois, porem não bastava o poder econômico, buscaram o poder político. Iniciaram a trajetória pelas mãos do requiao. Triste fim.

  2. Marcos Nascimento
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 15:40 hs

    Se tem interesse em se redimir politicamente a única coisa a fazer é delatar TODO O ESQUEMÃO, do contrário vai curtir um belo Ostracismo e em cana

  3. Alex
    quinta-feira, 1 de junho de 2017 – 10:08 hs

    Uma coisa está clara, o Brasil do jeito que está não pode ficar, instabilidade politica, insegurança jurídica, qual a empresa estrangeira que vai se estabelecer num país onde a qualquer momento pode ser fechada pelo judiciário?
    Se delatar é para derrubar o Temer e precipitar os acontecimentos o Loures vai passar de vilão a herói num estalar de dedos.

  4. quinta-feira, 1 de junho de 2017 – 14:24 hs

    Eu Tenho uma Divida de Gratidão Eténa ao DR,,danton da Rocha Loures..foi o Médico com a sua equipe Que Salvou a vida do meu filho…Quando precisou fazer cirurgia do Coração…

  5. Lindalva Abreu de Araújo
    quarta-feira, 7 de junho de 2017 – 16:40 hs

    O que produz tanta queda no homem é, o amor ao dinheiro e ao poder. sempre quer mais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*