Richa libera R$ 100 mi em créditos do ICMS para as empresas do Paraná | Fábio Campana

Richa libera R$ 100 mi em créditos do ICMS para as empresas do Paraná

Empresas do Programa Paraná Competitivo poderão utilizar em 2017 até R$ 100 milhões em créditos acumulados do ICMS para aquisições de bens, inclusive peças e partes de máquinas, e material destinado a investimentos no Estado.

A medida foi autorizada nesta segunda-feira (29) pelo governador Beto Richa no encontro com empresários do G7, grupo de entidades do setor produtivo. Richa ressaltou que além das indústrias, o comércio também pode ser beneficiado. “Esses setores terão esses créditos disponíveis para investimentos, como ampliação de seus estabelecimentos, aquisição de veículos, caminhões e máquinas, tudo que é necessário para ampliação dos investimentos no Estado”, afirmou.

“Temos segurança jurídica, estabilidade política e respeito a quem trabalha e produz”, disse Richa. “Queremos, na contramão da crise, estimular os investimentos no Paraná”, salientou, reforçando que os incentivos se refletem positivamente na geração de empregos.

O Paraná Competitivo já contabiliza R$ 42,5 bilhões em investimentos – R$ 24 bilhões de empresas privadas e R$ 18,5 bilhões de estatais. O número de empregos gerados por meio dos incentivos é de 400 mil – entre diretos e indiretos.


3 comentários

  1. xiru de palmas
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 8:16 hs

    Mas que bondade, que visão estratégica, que visão ,política…;.; que grande asneira.
    Os créditos de ICMS pertencem a empresa detentora deles.
    São créditos negociáveis.
    Portanto lá vem o Betico fazendo o que mais sabe fazer:
    CORTESIA COM O CHAPÉU ALHEIO.
    Quer aparecer de verdade|?
    PAGUE O QUE DEVE EM AUMENTOS SALARIAIS E B BENEFÍCIOS AOS PROFESSORES DO ESTADO.
    Quem tiver curiosidade compare, pelo portal da transparência, o salário de 40 horas de uma servente do TJ e de um professor com pos graduação (dois cargos de 20 horas = 40 horas) em início de carreira, e verá que a servente ganha mais, e ainda tem um vale alimentação de R$ 900,00, enquanto o professor tem um vale transporte de R$ 400,00 (aproximadamente).
    O aumento na data base do TJ não foi negado. E isto não aparece nas manchetes.
    Se este governo é tão sério e transparente, gostaria que o Beto viesse na TV e comunicasse o aumento dos funcionários do TJ, TCE, etc…

  2. romulo jonas rauen
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 10:03 hs

    Acho providencial esta medida, pois alavanca dois geradores de emprego e renda: a industria e o comércio.

  3. romulo jonas rauen
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 10:05 hs

    Industria e comércio beneficiados, pois são os maiores geradores de emprego e renda.Parabéns Governador.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*