Richa apresenta potencial do Paraná a investidores em São Paulo | Fábio Campana

Richa apresenta potencial do Paraná a investidores em São Paulo

O governador Beto Richa apresenta nesta quinta-feira, 1’º de junho, em São Paulo, as oportunidades de negócio a investidores. Richa falará sobre as potencialidades econômicas do Paraná no encontro promovido pela Agência Paraná de Desenvolvimento e a Secretaria da Fazenda.

O encontro das 8h às 12h vai reunir 100 empresários. Um debate entre Antônio Megale, diretor da Volkswagen e presidente da Anfavea, Cristiano Teixeira, diretor-geral da Klabin, e Olivier Murguet, presidente da Renault Américas, será mediado pelo presidente da APD, Adalberto Netto.

Entre os temas estão oportunidades percebidas pelos executivos no Paraná, vantagens competitivas em relação a outros Estados, desafios e troca de experiências na implantação de projetos no Paraná.

Após o painel, o secretário Fazenda, Mauro Ricardo, apresenta as novidades do Programa Paraná Competitivo. Em seguida, Richa vai encerrar o encontro com uma palestra.

Desde 2011, o Paraná Competitivo já atraiu R$ 42 bilhões em investimentos – R$ 24 bilhões de empresas privadas e R$ 18 bilhões de estatais. O número de empregos gerados é de 430 mil entre diretos e indiretos.


4 comentários

  1. SR. EUDES
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 19:13 hs

    NO PRIMEIRO MOMENTO, NÃO SEI MUITO SOBRE PARANÁ COMPETITIVO, AINDA MESMO PELO FATO DE O ENCONTRO SER REALIZADO EM ESTADO DIFERENTE DO NOSSO, COM “SABOR” DE COMPETITIVIDADE !. ENTÃO (EM QUE PESE O MEU RECONHECIDO DESCONHECIMENTO) MUITO NOS AGRADA O FATO DE O NOSSO GOVERNADOR “INVADIR” TERRAS ESTRANHAS EM BUSCA DE INVESTIMENTO PARA O NOSSO ESTADO. GERAÇÃO DE EMPREGO, É TUDO !!. VAI O NOSSO RESPEITO E ADMIRAÇÃO PELA IDA A CAMPO !!!.

  2. xiru de palmas
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 20:02 hs

    Procure melhorar este seu conhecimento sr Eudes.
    Este programa dá isenção fiscal em larga escala.
    Para compensar o governador avança no fundo de pensão dos funcionários, não repassa os aumentos de salários previstos em lei (isto é até, cria uma lei para derrubar outra lei que ele mesmo outorgou – pode??????), não concede avanços, etc…..
    Aumenta as tarifas de de água (80%), de energia (65%), retira a isenção de icms da cesta básica (10.000 produtos que tiveram seus preços aumentados de um dia para outro 18%), aumenta o valor do IPVA, etc….
    Então sr Eudes quem está promovendo o tal do ‘PARANÁ COMPETITIVO’ é o senhor, sou eu e os outros 7.000.000 de paranenses.

  3. Aguirre
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 21:01 hs

    Enfim, alguma iniciativa Richanesca nestes 6 anos no governo tem que haver. Na ausência de realizações neste período talvez o governador e seus burocratas convençam algumas empresas a se instalar no Paraná e ocupar o lugar daquelas que se mudaram para o Paraguai, fugindo do custo Paraná. Não deixa de ser uma elegante fuga da realidade.

  4. Toribio
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 22:02 hs

    Sinto que vem vantagem pros grandes e mais carga tributaria pros pequenos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*