"Requião é uma pessoa nefasta" | Fábio Campana

“Requião é uma pessoa nefasta”

O historiador Marco Villa não gosta do senador Roberto Requião (PMDB-PR) e já deixou isso claro. “Tudo que o senador Roberto Requião faz, eu estou no lado oposto porque eu sei que não é bom. Roberto Requião é uma pessoa nefasta para a política brasileira. O que me causa estranheza é como o eleitorado do Paraná o recolocou no Senado, o mandato dele está terminando espero que ele não seja reeleito, rezo por isso todo santo dia porque ele não faz bem aos paranaenses, não faz bem aos brasileiros”, disse Villa em comentário na rádio Jovem Pan de São Paulo.


7 comentários

  1. Aguirre
    quinta-feira, 4 de maio de 2017 – 12:37 hs

    Só uma explicação é aceitável para a eleição e reeleição de Requião: macumba. Nem a burrice ou a insanidade coletiva são atenuantes para a vergonha dos eleitores paranaenses.

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 4 de maio de 2017 – 13:18 hs

    Isso quer dizer que o politico que esse babaca gosta é do segundeiro,aquele que está em todas as listas,aquele que lhe da propina,ele se esquece que o Requião foi tres vezes governador e pode ser quatro vezes.Esse Villa parece a linhagem do Doria,homenzinho cheirador de peido.

  3. henry
    quinta-feira, 4 de maio de 2017 – 13:23 hs

    TOTALMENTE DE ACORDO COM O PROFESSOR VILLA. IDIOTA E BURRO, É QUEM DESPERDIÇA O VOTO COM O ESCLEROSADO comedor de mamonas.

  4. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 4 de maio de 2017 – 16:21 hs

    Concordo com o Villa. Para quem votou neste louco só resta la-
    mentar as atitudes de um imbecil agindo a toda hora. São dois Pa-
    ranaenses (Requião e Gleisi) que não são Paranaenses !!!!!!

  5. Jorge Hardt Filho
    quinta-feira, 4 de maio de 2017 – 19:41 hs

    Concordo com o historiador. Requião é, usando palavra que ele gosta um”canalha das araucárias”.

  6. Birn Neto
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 0:45 hs

    Quando o Todo Poderoso (não confundir com o senador Requião, ebora ele se ache o tal) criou o mundo, e dentro do Brasil o Paraná, profetizou que bem mais pra frente, o estado seria referência no país. E que, em determinada época, sua capital seria até chamada de República de Curitiba. E aí percebeu que havia muita inveja e muita reclamação, de que o Paraná havia sido favorecido etc. etc. etc. Tentou argumentar, justificar sua decisão, porém os inconformados decidiram rogar praga aos paranaenses. “Em algum momento, nos séculos XX e XXI, vai nascer lá um sujeito terrível, fanfarão, boca grande, jurássico, atrasado, briguento, raivoso, desleal, traidor, ingrato, comedor de mamona… para fazer sofrer o povo paranaense.” E é por isso que Requião foi deputado, prefeito de Curitiba, governador três vezes e senador outras duas. Culpa do povo? Não! O povo não sabe votar? Não é por isso! Requião está na vida do paranaense por um único motivo: praga dos invejosos lá atrás, na criação do mundo. Mas cá para nós, esta praga está durando demais!!!

  7. cicero
    sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 19:10 hs

    de tanto comer mamona e alfafa o requião teve diarréia cerebral e pior é que o quadro é irreverssivel

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*