Recado de Carlos Fernando Lima | Fábio Campana

Recado de
Carlos Fernando Lima


Para quem aposta no nome de Nelson Jobim para substituir Michel Temer, o procurador da Lava Jato Carlos Fernando Lima encaminhou um recado via Facebook, assinado não como procurador, mas como cidadão.

“Em caso de vacância da presidência da república – cuja crise de legitimidade vivenciamos hoje – seria importante, penso eu, para a estabilização da sociedade brasileira que o próximo presidente, até mesmo porque temporário, fosse alguém acima das questões político-partidárias que envenenam todo o diálogo nacional. Devemos resgatar a noção da república romana do magister – isto é, do magistrado no sentido mais elevado do termo – aquele que seja capaz de discutir as grandes questões nacionais com altivez, dignidade e sabedoria. É preciso encontrar na política nacional uma pessoa com a capacidade de se impor pela dignidade pessoal e competência política. Entretanto, certo é que mesmo que não encontremos esse magister, o que não se pode admitir é que qualquer investigado na Lava Jato venha a assumir o mais alto cargo da República. Aliás, nem ninguém investigado, nem advogado de réus, nem membro do Ministério Público ou do Judiciário que estejam vinculados ao caso – para que não digam que estamos defendendo determinadas candidaturas. Só assim, afastando a tentativa da política-partidária de interferir nas investigações, é que estas poderão seguir rapidamente a um final adequado. Colocar na presidência um advogado das empreiteiras na Lava Jato é, portanto, uma medida de desespero da classe política que se agarra com unhas e dentes aos fiapos de esperança de manter o status quo.
Carlos Fernando dos Santos Lima – cidadão”


6 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 15:31 hs

    Galo no terreiro no vizinho é galinha. Boca fechada não entra mosca…

  2. HORA DA VERDADE
    sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 16:33 hs

    Nelson Jobim foi um dos articuladores do Relatório Final da Constituinte e comandou o lobby do Ministério Público para o empoderamento da instituição. Transitou na politica partidária e influiu no STF para que Ellen Grace fosse a primeira mulher a assumir o Supremo.
    Suas ligações com o lulismo sempre foram consideradas muito fortes e com influencia na politica lulista. Tem estofo para ser um Presidente, mas a proximidade com o petismo deve ser tida em conta. “Diga-me com que andas que direi quem és”….

  3. Recruta Zero
    sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 16:40 hs

    Não há como discordar do honrado cidadão – Dr. Carlos Fernando dos Santos Lima. Deve existir no Brasil algum abnegado, ficha limpa, não investigado ou indiciado, e não formalmente réu em processo penal, portador de curso superior, sem antecedentes desabonadores, que esteja disposto a sacrificar-se em benefício da democracia, e notadamente respeito a Constituição, para terminar esse malfadado mandato presidencial, que foi obtido por verdadeiro bando de malfeitores mediante propinas, achaques, mentiras e enganações, contando ainda com as já famosas “urnas eletrônicas”, repudiadas no resto do mundo. Pobre povo brasileiro !

  4. sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 16:57 hs

    DIAS MELHORES VIRÃO…

    … Pode parecer estranho para “os da terra”, mas neste deserto de nomes com comprovada capacidade, provado e aprovado nas urnas nos últimos trinta e tantos e sem nenhuma mancha, o senador ALVARO DIAS, surge como um Oásis capaz de dar guarida e sustentar o peso da responsabilidade.
    Enfim, podemos dizer que há há um nome que vem crescendo!!!

  5. João Silva
    sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 17:29 hs

    Daí vem os aloprados de direita (que não aplicam aquilo que dizem ler) querer separar os procuradores de Curitiba e Janot/ e os juízes “justiceiros” de Fachin….Infelizmente são inseparáveis e o tom de messianismo,de ego, de falta de respeito a separação de poderes fica patente….enquanto o pessoal de “direita” não perceber isso, e perceber que os excessos da LJ são infinitamente piores do que o Brasil dos corruptos, vamos indo a braços largos ao inferno. A história ja provou isso. Esta na hora de acordar.
    Os artigos, opiniões, vídeos, decisões em sentenças..enfim tudo referente a essa gente mostram o pouco apreço que eles tem pelas leis, que eles querem “fazer e ser” nossas leis…O Brasil está em risco grave e não é por causa de bandidos….

  6. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 26 de maio de 2017 – 17:33 hs

    AD iante…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*