Quem quer privatizar a Compagas? | Fábio Campana

Quem quer privatizar
a Compagas?

A pressão é grande, mas o governador Beto Richa resiste. Não quer privatizar a Compagas. A venda de distribuidoras estaduais de gás natural é o novo alvo do programa de desestatização do BNDES, que já conta com o aval de sete dos 22 estados com estatais do setor: Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rio Grande do Norte. A justifica, capenga, é de que a entrada de investidores privados pode ajudar a massificar o consumo de gás, disponível hoje em apenas 440 dos 5.570 municípios brasileiros.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 15 de maio de 2017 – 15:22 hs

    Tem que privatizar tudo e mais um pouco. Empresas estatais são cabides de emprego e não pertencem ao “povo” coisíssima nenhuma.
    Pertencem aos políticos de plantão, seus familiares e apaniguados. A corrupção e o aparelhamento político do Estado só diminuirá com o fim das empresas estatais, sua total privatização. Se Petrobrás e outras ‘brás” não fossem empresas estatais, não existiria nem petrolão, nem coisas do gênero. O Estado é o pai e as estatais são as mães da corrupção.

  2. Gnorante
    segunda-feira, 15 de maio de 2017 – 19:37 hs

    Vamos devagar com andor. A pressa deve ser dos esfomeados por dinheiro.

  3. Caio S
    terça-feira, 16 de maio de 2017 – 8:31 hs

    Compagas??? Que é isso?? Ainda existe?? Bem, alguém vê algum trabalho de expansão? Quantos cidadãos e empresas contam com a disponibilidade de gás encanado? É uma piada, é pífio… Bem, se a privatização resolveria isso eu não sei, sei que do jeito atual é mais fácil mudarmos de planeta do que o gás encanado chegar pra valer!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*