PSB decide romper com Temer e pede renúncia | Fábio Campana

PSB decide romper com Temer e pede renúncia

No terceiro dia da crise política causada pela delação premiada de executivos da JBS, que levou à abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer (PMDB), o PSB decidiu romper oficialmente com o governo federal e “sugerir” a renúncia do peemedebista “o mais rápido possível”. As informações são da UOL.

Com 42 parlamentares, o partido tem a sexta maior bancada das duas Casas do Congresso, e representa 7% dos votos no Legislativo. A legenda é a quarta maior em número de senadores (sete), empatado com o PP. Na Câmara, a sigla é a sétima mais representada, com 35 deputados federais. O posicionamento foi divulgado depois de reunião da Executiva Nacional do partido, na tarde deste sábado (20), em Brasília.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*