Porto de Antonina sob investigação | Fábio Campana

Porto de Antonina
sob investigação

O governador Beto Richa substituiu o diretor do porto de Antonina. Sai Luís Carlos de Souza, entra Guilherme Costa de Toledo, que pega de cara uma tarefa dura. Vai levantar todas as circunstâncias de possível uso do terminal em desvios de carga e irregularidades levantadas pela Operação Carne Fraca. Souza, o Luís Polaco, ex-diretor da APPA, e mais trinta funcionários estão sob investigação. Polaco é ex-vereador e atual presidente do Sindicato dos funcionários do Terminal.


2 comentários

  1. sexta-feira, 5 de maio de 2017 – 17:59 hs

    Até que enfim Antonina está sendo dedetizada contra as pragas e a “rataiada” do Porto sendo saneada. Mas, ainda falta sanear dos maus hábitos de negócios escusos a Prefeitura e Câmara Municipal. Aí sim, Antonina voltará aos tempos pujantes de quando lá cresci, nas décadas de 60/70, quando as Indústrias Matarazzo e Porto Barão Teffé funcionavam a todo vapor. (Fecha o Pano)

  2. Luiz Felix
    terça-feira, 31 de outubro de 2017 – 19:49 hs

    Realmente Léo. As ruínas dos Matarazzo formam um monólito estarrecedor, como que sepultando a economia da cidade. Quem vive de passado é museu, a cidade quer se reerguer e sair da sombra de Paranaguá, afinal, há demanda suficiente para ambos os portos. Quem tiver curiosidade, existe um plano mestre sugerido pela UFSC eque pode ser facilmente encontrado no google e que demonstra o potencial deste porto.

    Basta a boa vontade das autoridades.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*