Plano de Recuperação de Curitiba | Fábio Campana

Plano de Recuperação
de Curitiba

Dois projetos, dos 12 que compõem o pacotaço de Rafael Greca foram aprovados ontem pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara de Vereadores, justamente aqueles que mexem no bolso dos cidadãos.

O primeiro estabelece mudanças no Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI): atualização da norma e exclusão da alíquota reduzida de 2,4% para financiamento de imóveis na faixa de valores entre R$ 140 mil e R$ 300 mil. A alíquota passará para 2,7%.

O outro é a desvinculação da taxa de coleta de lixo ao IPTU. Residências que antes não pagavam IPTU (e por isso estavam livres da taxa do lixo), começarão a pagar. E outras terão acréscimo na tarifa.

Os textos irão para análise de outras comissões antes de serem apreciados em Plenário. Não há prazo para esta votação.


Um comentário

  1. Veredito
    sábado, 27 de maio de 2017 – 9:22 hs

    Coma nova taxa de coleta de lixo, agora eu acredito que aqueles curitibanos que jogam lixo nas praças ou para a frente dos vizinhos, vão pensar duas vezes, Fábio, visite a Regional da CIC e tome um café com o administrador. Você vai chorar ao saber de tantos problemas ligados ao lixo que ele está enfrentando. Tudo pelo desmando do último administrador, pessoa de confiança de Fruet.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*