Parlamentares da oposição e da base pedem renúncia de Temer e eleições diretas | Fábio Campana

Parlamentares da oposição e da base pedem renúncia de Temer e eleições diretas

O Globo

Parlamentares da oposição e da base aliada pediram na noite desta quarta-feira renúncia do presidente Michel Temer e a convocação de novas eleições. Aliado do governo, o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado, defendeu a renúncia do presidente e a antecipação das eleições presidenciais. O posicionamento foi divulgado por meio de nota enviada por sua assessoria.

“Diante da gravidade do quadro e com a responsabilidade de não deixar o Brasil mergulhar no imponderável, só nos resta a renúncia do presidente Michel Temer e a mudança na Constituição. É preciso aprovar a antecipação das eleições presidencial e do Congresso Nacional”, afirmou Caiado.

Para o líder do PPS, o deputado Arnaldo Jordy (PA), também da base de Temer, o governo “acabou” e o ideal é fazer eleições presidenciais neste ano e um pleito parlamentar no ano que vem.

— Acabou. Não tem nada que justifica essa denúncia. Se Temer tiver grandeza, deve pactuar uma saída com instituições e antecipar o processo eleitoral. Acabou. Está na hora de devolver para as urnas a decisão. E não pode renunciar, porque os presidentes do Congresso também são investigados.

Logo após a divulgação das denúncias, a oposição se reuniu e unificou o discurso em torno de um pedido de renúncia e de uma mudança na Constituição que possibilite eleições diretas para a Presidência da República ainda este ano. Dois pedidos de impeachment do presidente já foram protocolados.

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Carlos Zarattini (SP), afirmou que a oposição pretende mobilizar um ato no próximo dia 24 de maio em Brasília, pedindo a saída de Temer. Ele disse que os parlamentares vão pressionar para que o presidente renuncie e que não voltarão para seus estados e ficarão no Congresso discutindo os próximos passos.

– Nós fizemos reunião com líderes da oposição e nós estamos concluindo algumas questões fundamentais. Primeiro, pedir a renúncia imediata do presidente da República, que tomou o poder de forma golpista. Segundo, vamos iniciar um processo de impeachment com base nesses fatos. Terceiro lugar, nós queremos aprovar imediatamente o projeto de emenda constitucional do deputado Miro Teixeira que prevê a convocação de eleições diretas já – afirmou Zarattini.

Segundo o Blog do Moreno, em reunião com ministros na noite de hoje, Temer disse que não renuncia e quer ver a fita da sua conversa com o dono da JBS.

Em uma ação articulada para pressionar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deputados da oposição pretendem votar amanhã, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada pelo deputado Miro Teixeira que permitiria antecipar as eleições presidenciais.

A PEC determina a realização de eleições diretas até seis meses antes do final do mandato, caso a presidência fique vaga. Miro acredita que há um dano de difícil recuperação para a autoridade do presidente.

A líder do PT no Senado, Gleisi Hoffmann (PR), classificou a situação de “gravíssima” e disse ver “provas concretas” do envolvimento de Temer nas denúncias.

– É uma situação gravíssima. Essa denúncia contra o presidente da República, no noticiário tem provas concretas do envolvimento dele e de outros membros do governo que colocam a situação dele insustentável no cargo. Ele tem que renunciar ao mandato e o Brasil precisa de convocação de eleições diretas. Essa é a única maneira de pacificar o país e resolver o problema que estamos vivendo – disse Gleisi.

A senadora afirmou que se trata de obstrução de Justiça.

– O que estamos vendo é claramente obstrução de Justiça, com questões depois da Lava-Jato em andamento, de todas as denúncias feitas, essa situação se coloca novamente. Precisamos ver as provas que têm e tomar providência, o Supremo Tribunal Federal e a PGR têm que se manifestar – pontuou.

A líder do PCdoB, Vanessa Grazziotin (AM), comparou as denúncias contra Temer àquelas de que foi alvo o senador cassado Delcídio do Amaral, preso por tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Ceveró. Para a senadora, não é possível manter a votação das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso.

– Diante da gravidade dos fatos, entendemos que é impossível continuar com a pauta das reformas, mexe estruturalmente com país e não há mais legitimidade desse governo. É muito grave o caso que envolve o presidente. Há comparação com o senador Delcídio do Amaral, que foi preso por questões até menores que essa. Vamos apresentar pedido de impeachment, mas entendemos que é caso de renúncia imediata – pontuou Vanessa.


12 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 9:35 hs

    Lula ou Requião presidente.

  2. quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 9:50 hs

    “#REAGEBRASIL. Quem é acostumado a ler esse blog com certeza já leu comentários meus em artigos anteriores onde falo insistentemente: ‘que vivemos num País de cordeiros criminosamente alienados conduzidos ao matadouro pelos seus próprios tosquiadores’. Outra fala que sempre repito em minhas aulas e palestras é para as pessoas deixarem de ser idiotas e parar de defender esses políticos corruptos que roubam você, tua família e o País. Seja de direita ou esquerda. PT ou PCB. PSDB ou PMDB. Lula ou Dilma. FHC ou Aécio. Não interessa! São todos iguais. Tudo farinha estragada do mesmo saco…” – Profº Celso Bonfim

  3. quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 9:55 hs

    Lula, o Eu Não sei de Nada, a Marisa é que Sabia? O Requião também está delatado na lista da FBS-Friboi por José Sérgio de Oliveira Machado, por isso ele queria dar um tablefe na fuça do repórte da Radio Gaucha quando foi lhe perguntado se estava no Urugai comprando CARNE kkkk

  4. LENZA TOLEDO
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 10:09 hs

    Eleições diretas nesse momento político conturbado seria mais um desastre para os brasileiros. Esse assunto precisa de tempo para amadurecer. Vejo como se nada existisse além daquilo que meus olhos alcançam. Sabe, vou disfarçar minha tristeza com um bom chimarrão. Que Deus tenha piedade de nós!

  5. BETO
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 10:14 hs

    Ótimo momento pra destituir Temer, mandar prender Aécio e também o verme Luiz Ignácio LULA da Silva.

  6. BETO
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 10:17 hs

    Sérgio, acorde seu inútil. Lula é um câncer, faz parte dessa podridão e Requião é um vadio incompetente, língua de trapo. Não sobra um.

  7. quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 10:40 hs

    Sergio, se tá fumando maconha da ruim !

  8. valdir bassai
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 11:28 hs

    Faltando pouco para os Militares assumirem o poder de vez e mandar a maioria desses parlamentares para a cadeia. Achou culpa punição na hora.

  9. Do Interior...
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 11:43 hs

    Talvez tenha chegado a hora de fechar o congresso e proibir quem foi ou é político de ser candidato novamente.

  10. Franchico
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 11:46 hs

    VÃO FALTAR CANDIDATOS …RSRSRSRS
    PODEM FAZER UMA ELEIÇÃO DENTRO DOS PRESÍDIOS ….RRSRSRS
    EM VEZ DE REFORMA PREVIDENCIÁRIA, TERÃO QUE FAZER UMA REFORMA (AMPLIAÇÃO) DOS PRESÍDIOS ….RSRSRS

  11. Juca
    quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 11:58 hs

    SS Calça Frouxa, você e Requião dariam dois perfeitos sócios atletas do Jokey Club!

  12. quinta-feira, 18 de maio de 2017 – 11:59 hs

    Eu li que se temer renunciar,,assume o ,,presidente do congresso..por 30 dias..dai será feitto uma eleição..entre o congresso x camara dos deputados..se nao conseguir um candidato com 282 votos..será feita outra eleição entre eles e vence o que tiver maior numero de votos..até outubro de 2018..quando teremos eleição livre

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*