Osmar no Podemos assanha o PMDB | Fábio Campana

Osmar no Podemos assanha o PMDB


A ida de Osmar Dias para o Podemos, nova sigla comandada pelo seu irmão, o senador Alvaro Dias, são favas contadas para nove em cada dez estrelas da política nativa. Isso assanhou a moçada nos arraiais do PMDB de Requião. Agora ela enxerga um distanciamento progressivo de Osmar Dias do governador Beto Richa, o que abriria condições para uma aliança com o PMDB.

Quem entristece com essa história é o PSB de Luiz Claudio Romanelli, que espera desde os idos de março a entrada de Osmar em seu partido. Mas não só o PSB. Há mais uma penca de partidos a flertar com Osmar. E atenção para o refrão: Osmar não perderá o controle do PDT do Paraná.


3 comentários

  1. PEDROCA DO SUDOESTE
    sábado, 27 de maio de 2017 – 19:07 hs

    O BOB como sempre, querendo ficar numa boa, tentando amarrar seu cavalo na sombra. O ELEITOR deveria parar de votar nos mesmos, depois elegem os caras, aí poucos meses, já fica falando mal do mesmo. Assim é a maioria dos nossos eleitores.

  2. sábado, 27 de maio de 2017 – 21:10 hs

    Eu sou um eleitor Pedroca que não troca o certo pelo duvidoso jamais deixaria de votar em Requião para votar no Urtigão ou no Rato.

  3. VOTO UTIL
    domingo, 28 de maio de 2017 – 11:53 hs

    ALVARO é bom de voto, já Osmar demonstrou ser pesado demais para ser carregado. Ratinho é bom de voto. Requião e Beto serão alvos dos maiores ataques se forem candidatos.
    Logica que se impões: Para Avaro o mano Osmar não ajuda. Para Ratinho a aliança com Beto também não ajuda.
    Alvaro que quer ser candidato a Presidente, precisa somar uma maioria no Paraná para ir ao segundo turno e dai tornar-se em totais condições de finalmente o Parana ter um Presidente. Alvaro para Presidente e Ratinho para Governador é a dupla imbatível.
    Que vai construir esta aliança?
    Ainda sobram duas vagas para o Senado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*