TEMER CONTRA-ATACA | Fábio Campana

TEMER CONTRA-ATACA

No pronunciamento de hoje, o presidente Michel Temer afirmou que a gravação de que foi alvo foi uma fraude manipulada e concentrou boa parte da fala em Joesley Batista “O autor do grampo está livre e solto, passeando pelas ruas de Nova York […] não passou nem um dia preso”. Também citou a especulação financeira feita pela JBS ao comprar um bilhão de dólares e vender ações, porque sabia que com a bomba que estava prestes a explodir provocaria um caos na economia, subindo o dólar e baixando o valor das ações. “Um crime perfeito”. Falou ainda sobre os empréstimos bilionários que a empresa conseguiu nos governos anteriores e sobre suas conquistas econômicas e reformas para modernizar o estado brasileiro.

O presidente confirmou que vai pedir ao Supremo a suspensão do inquérito e voltou a afirmar que não houve crime no que fez, que é muito comum em sua rotina (que vai diariamente até altas horas) receber e conversar com empresários, políticos, intelectuais, jornalistas.

E quem não aguenta mais ouvir os erros de concordância e o português maltratado dos executivos da JBS, pode até não concordar politicamente com Temer, mas há de dar o braço a torcer quando ele falou “atentaram contra meu vocabulário”.


7 comentários

  1. AnimalPolítico
    sábado, 20 de maio de 2017 – 16:06 hs

    Bah, Campana!!! Ajuda aí!!! Não sei mais como me posicionar perante os últimos acontecimentos! Uma hora acho que Temer é ladrão, outra hora acho que é Aécio, e às até acho que é Lula!! Quem será o ladrão desta república de bananas? Vai ver que TODOS!!!

  2. Daniel Fernandes
    sábado, 20 de maio de 2017 – 16:06 hs

    Simplesmente vão conseguir ferrar com as investigações. Provavelmente o objetivo nem fosse derrubar o Temer, mas melar as investigações com uma prova falsa. Começo a acreditar ainda mais na minha teoria conspiratória de que um ou mais grupos políticos armaram essa palhaçada para tentar acabar com as investigações.
    O problema é que o mesmo falastrão de quem o Temer fala entregou mala de dinheiro a um assessor dele, em São Paulo.
    Tinha chip localizador na mala. Mas até agora não tivemos notícia de onde a mala foi parar….

  3. AnimalPolítico
    sábado, 20 de maio de 2017 – 17:04 hs

    Ou seja, se correr, o bicho fica; se ficar, o bicho corre!! Ou véci-virsa!! Que confusão o Aragão fez!! Qual Aragão? Pesquisem!!!

  4. Luiz Eduardo
    sábado, 20 de maio de 2017 – 18:10 hs

    NÃO ACREDITO NEM NO TEMER E NEM NO AÉCIO. SÃO CANALHAS E SAFADOS. ESTAVAM JUNTOS PARA MELAR A LAVA . SÓ BURRO NÃO VÊ. DELATA CUNHA. TENTA TIRAR UM POUCO O TEU DA RETA. DELATA PALLOCI, OU VAI CARREGAR O PIANO SOZINHO. ESTA CANALHADA SÓ PENSA NELES MESMOS.

  5. Zezé Perella (PSDB-MG)
    sábado, 20 de maio de 2017 – 19:54 hs

    Eu sei onde foi as do Aécim…meu filho sabe na verdade, inclusive essa grana foi pra pagar o helicóptero que ele emprestou pro Aécim um tempo atrás e ele não devolveu mais…lembra né.
    Mas Daniel…essa outra mala ai não sei não, temos que averiguar…Taaa Locccooooo

  6. Jotinha
    domingo, 21 de maio de 2017 – 19:50 hs

    Tudo vagabundo, na minha opinião, o Temer é o que menos deve de tudo isso aí …

  7. Daniel Fernandes
    domingo, 21 de maio de 2017 – 20:00 hs

    Ah, sim, Zezé Perrella.
    O helicóptero!
    Aquele helicópter que carregava umas mercadorias sem dono? Né?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*