O maior desemprego da história do Brasil | Fábio Campana

O maior desemprego
da história do Brasil

Pasmem, senhores. A taxa de desemprego no país atingiu 13,6% no trimestre encerrado em abril, informou agora, pela manhã, o IBGE. 14 milhões de brasileiros estão desempregados. É a pior taxa de desemprego para o período desde o início da série histórica da pesquisa, em 2012. Representa uma alta de 1 ponto percentual em relação ao trimestre encerrado em janeiro, que foi de 12,6%.

Na comparação anual, o aumento foi de 2,4 pontos percentuais. No trimestre encerrado em abril de 2016, a taxa estava em 11,2%. Isso significa que, em um ano, mais 2,6 milhões de pessoas passaram a procurar trabalho no país. Na comparação com o trimestre encerrado em janeiro, foram 1,1 milhão de pessoas a mais procurando emprego.

Os dados constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domício Contínua (Pnad Contínua), a pesquisa oficial de emprego do instituto. O indicador é calculado por trimestre. Na divulgação desta quarta, refere-se ao período entre fevereiro e abril de 2017.

O rendimento médio do trabalhador ficou estável, diz o IBGE, tanto na comparação com trimestre anterior quanto com o mesmo trimestre de 2016, em R$ 2.107.


4 comentários

  1. BETO
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 11:41 hs

    Qual o FATO GERADOR?

    Resposta:
    12 anos de PT

  2. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 13:08 hs

    …petistas já debitaram essa taxa de desemprego ao ano de governo de Temer.

  3. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 15:08 hs

    Pois é,só o Beto Richa da emprego,seus parentes o desemprego é Zero.

  4. indignado3
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 15:20 hs

    Calça Frouxa, vira o disco seu BABACA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*