No palanque, Lula chorou, atacou e se lançou candidato à presidência | Fábio Campana

No palanque, Lula chorou, atacou e se lançou candidato à presidência


No palanque do centro de Curitiba, Lula chorou, atacou a imprensa, atacou a burguesia, atacou o projeto “Escola sem partido” e disse que “se a elite não consegue consertar este país, um metalúrgico com o quarto ano primário vai provar que pode”. Ou seja, se lançou candidato.

Aos “jornalistas de coletivos de mídia independente” — como se auto-intitulam –, Lula disse insistentemente que “só quer que alguém diga que o apartamento (o triplex) é dele. Só isso que eu quero.”.


2 comentários

  1. Juca
    quinta-feira, 11 de maio de 2017 – 4:06 hs

    Sossega Lula, na sentença que Moro vai proferir restará dito isso e suas consequências penais.

  2. BETO
    quinta-feira, 11 de maio de 2017 – 8:11 hs

    Esse é o vagabundo que todo mundo conhece.
    Isso é uma praga, um câncer. Você vai é pra CADEIA LULA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*