Luas pretas | Fábio Campana

Luas pretas

É um trabalho insano, observar um quadro que muda o tempo todo e registrar os movimentos. Cada um dos staffs dos candidatos a governador observa com atenção o movimento diário dos adversários. Se Ratinho Jr almoça e viaja com Beto Richa, é um sinal para Osmar Dias. Quando Osmar Dias faz o trecho acompanhado de Gustavo Fruet, o Palácio o vê ao lado de um adversário. Se o chefe da Casa Civil e o diretor da Sanepar fazem o trecho e inauguram obras com um deputado das hostes de Ratinho Jr, acende a luz vermelha na vice-governadoria de Cida Borghetti e no bunker de Osmar.

Será assim até o ano que vem. Os luas pretas de cada candidato se esmeram em interpretações. E quem tem visão conspiratória faz as melhores interpretações. Melhor olhar de longe.


3 comentários

  1. Carlos Ernandes
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 16:39 hs

    Concordo em olharmos de longe pois de perto são todos iguais. Olhar de longe nos estimula a não votar em nenhum, renovarmos integralmente .

  2. Trump
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 17:10 hs

    Se fosse o Ricardo Barros e o Beto Richa não apoiasse a Cida Borghetti governadora, limparia os cargos indicados pelo Beto e colocava pra fora as coisas do governo, agora se o Beto ficasse e não fosse candidato o Ricardo deveria ser candidato ao senado e a Cida poderia sair a federal mesmo sendo vice governadora é só não assumir o governo nos últimos seis meses, fecharia no grupo do Osmar onde o Beto não vai.

  3. Luiz Eduardo
    quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 18:58 hs

    Que seja um próximo governador que mande fazer uma varredura e uma auditoria i dependente completa nas contas do governo beto bixa, porque é preciso descobrir onde está escondido escondido tanto dinheiro que este ga tu no passou a mão. Governador de araque.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*