Governo quer diálogo com centrais sindicais | Fábio Campana

Governo quer diálogo com centrais sindicais

Painel, Folha de S. Paulo

Apesar de ter minimizado o impacto da greve geral da última sexta (28), o governo mandou sinais de que quer retomar o diálogo. Paulinho da Força (SD-SP) disse que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi quem deu o recado.

Lições do passado – Reunidos no aeroporto às vésperas da greve, ministros do governo Temer tentavam projetar o efeito político da manifestação. Um deles fez um alerta: “Dilma subestimou muito o poder do Paulinho”.


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 2 de maio de 2017 – 10:45 hs

    O Brasil vive embaraçado pelo sindicalismo pelego há setenta anos. O monstro pantagruélico criado pela ditadura Vargas sobrevive sugando o sistema produtivo e servindo de massa de manobra de seus líderes, que na verdade, são sabujos dos empregadores, especialmente da indústria automotiva. Não é à toa a tal história do “Barba”, que latia e mostrava os dentes em público contra a indústria, mas, em particular abanava alegremente o rabo para os empresários. Essa malta alimentada pelo imposto sindical, do lado laboral; e pelo mesmo imposto, além da contribuição compulsória do sistema S, do lado patronal, conspira há décadas contra um mercado mais competitivo e inovador. São âncoras do atraso nacional, símbolos azinhavrados da roça mental que domina este país.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*