Eduardo Cunha revoltado | Fábio Campana

Eduardo Cunha revoltado

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Os advogados de Eduardo Cunha pediram ao STF anulação do acordo de delação da JBS.
No recurso, mais do mesmo: a defesa diz que não há provas sobre o pagamento mensal ao ex-deputado para comprar seu silêncio e a negação do ato.
Em comum, com o resto do Brasil, advogados de Cunha têm a opinião sobre o acordo conseguido pelos irmãos Batista: “Não tem a menor razoabilidade, tampouco proporcionalidade, esse grupo de delatores se beneficiar com tamanha generosidade, ante a quantidade e complexidade dos supostos crimes apresentados”.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 20:04 hs

    Esse homem governa o Brasil de dentro da cadeia,um petaculo de gangster,mas parece que o Moro gosta dele,sai Yossef entra ´CUNHA,.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*