Doria critica Lula e comenta possível candidatura à Presidência | Fábio Campana

Doria critica Lula e comenta possível candidatura à Presidência

Em entrevista exclusiva à IstoÉ, na tarde desta terça-feira, o prefeito de São Paulo, João Doria, diz que para viabilizar sua candidatura à presidência do País é necessário “primeiramente apoio popular”. “Essa é uma decisão do povo, e não partidária”. As informações são de Gabriel Baldocchi e Germano Oliveira.

Na edição do fim de semana da revista IstoÉ, o deputado Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) afirmou que haveria espaço no PMDB para a candidatura de Doria a presidente. O prefeito diz que se sentiu lisonjeado e que considera natural uma união entre PSDB e PMDB nas próximas eleições, tanto em nível federal quanto estadual.

Doria também critica Lula, que será interrogado por Sérgio Moro nesta quarta-feira na condição de réu. Ele é acusado de ganhar um tríplex no Guarujá (SP) da empreiteira OAS e de ter se beneficiado com R$ 3,7 milhões como contrapartida aos contratos obtidos pela empreiteira durante as gestões petistas.

Segundo o prefeito, caso não haja punição ao ex-presidente a candidatura é certa. Neste caso, Doria afirma que espera que “ele perca a eleição e as penas do Judiciário possam ser aplicadas a ele”. “Lula, a meu ver, tem de ser derrotado nas urnas.” Doria observa ainda que Lula é um candidato forte, apesar das denúncias de corrupção. “Com todas suas mentiras e safadezas, Lula é a figura hoje mais popular nas pesquisas.”


12 comentários

  1. jonas
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 10:37 hs

    João Dória é “desarmamentista”, não importa em que partido ele possa ir, veja quem que são seus apoiadores, marionete de Soros no Br !! !!

  2. Gema thais
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 10:48 hs

    Dória não se manifestou contra o islâmismo e contra a nova Lei de Imigração, aonde caso Temer venha sancionar essa lei escrota, cujo o autor foi do “motorista” de Marighela, aonde estaremos com as nossas fronteiras escancaradas para qualquer tipo estrangeiro acabando com a nossa soberania !

  3. thiago
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 10:51 hs

    Dória é contra todos as pautas conservadoras da direita, é socialista liberalóide fabianista, defende a política de “porta abertas” no Brasil que irá islamizar o nosso pais, quer manter o povo “desarmado” mantendo o fiel projeto desarmamentista do PT/PSDB/PMDB, e continuar com a destruição do Brasil……………!

  4. Vanessa
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 10:55 hs

    João Dória vai querer bancar o centrista igual a Macron ou “falsa direita” (Direita Canhota), já era……..é globalista…

  5. Igor
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 11:05 hs

    O PSDB de João Dória nunca fez “oposição” ao governo do PT, pelo contrário, porque somente agora ele bateu a carteira de trabalho na cada do Lulixo ?

  6. DOUTOR OTTO
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 11:27 hs

    Sempre mais do mesmo. Eu já assisti esse filme no final dos anos 80, quando o recém eleito governador de Alagoas ganhou repercussão nacional como homem trabalhador e moralizador da política, tendo sido chamado de “caçador de marajás”. Deu no que deu. Agora o prefeito da maior cidade do país, denominado de “João trabalhador”, que diz nunca ter sido político ( apesar de ter sido Presidente da Embratur no governo do Sarney ) encanta a população com seu jeitão moralizador e declarou que somente iria cumprir o seu mandato de prefeito, já se lança como candidato à presidência. Já sei como esse filme vai acabar.

  7. quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 11:48 hs

    Dória não sabe o que é povo e nem terá o apoio do povo. No máximo terá o voto dos coxinhas analfabetos políticos. Se não der com Dória, tenta com Huck, o aliciador de brasileiras para os gringos da Copa.

  8. jorge
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 11:51 hs

    Falando sério, João dória não consegue manter “consistência” nas entrevistas diante de um eleitorado cada vez mais ávido por conservadorismo, a mídia vem empurrando dória até aqui, e depois uando ele for para o microfone vai dizer o quê ? O cara é um mauricinho !

  9. EUDENOVO
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 12:38 hs

    Dória é o tucano de tróia.É outro que aposta na falta de memória dos brasileiros.Esse almofadinha representa a continuação do que está aí,então se os “torcedores,fiéis,contribuintes,foliões,militantes e eleitores”
    não cairem na real,só as moscas serão trocadas.Dória é um fabiano,um comunista enrustido mas com a mesma maldade dos marxistas.A diferença está na sua habilidade em mentir.Mente com mais convicção.Se não fosse assim, a imprensa venal não estaria desde já promovendo o nome delle.
    Em 2018 se não der Bolsonaro nada vai mudar,com certeza e é por isso que as pesquisas escamoteiam o nome dele.Na pior das hipóteses,Levy Fidelix ainda é a segunda opção.Quem se lembra do Professor Enéas Carneiro?Depois que ele foi morrido todos dizem que ele estava certo.
    Fidelix também será assim.

  10. Fabio Farias
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 12:38 hs

    A “Social democracia” fundada a 30 anos fez “água”, Dória representa a tentativa dessa putrida republica ainda tentar sobreviver em meio a escandalos, negociatas e traições a patria, são algozes de seu povo, chega de socialistas nazistas se
    perpentuando no Brasil! Vai publicar isso caro Fábio ?

  11. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 13:03 hs

    Por falar em mentira esse cheirador de peido mostrou uma carteira de trabalho de soslaio onde ninguem conseguiu ver se era sua foto ou se tinha algum registro e agora ele tem um apelido,”JOÃO MENTIROSO”

  12. quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 13:42 hs

    Como a imprensa da atenção a um parasita dos recursos públicos como foi esse cara em toda a sua vida, nunca produziu um botão e se diz empresário.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*