Do bordel ao Planalto | Fábio Campana

Do bordel ao Planalto

Oscar Maroni, dono de famosa casa de prostitutas de luxo em São Paulo, quer ser presidente do Brasil e disse que vai se candidatar, caso Temer caia e as eleições de 2018 sejam antecipadas. “O Brasil está uma zona; e de putaria eu entendo”.
Ele é filiado do PTdoB. E sua aposta é na falta de crença do brasileiro nos políticos profissionais: “Dilma e Lula são cafetões de pobre” e ele vai se lançar candidato como um “cafetão do bem”.
Critica toda a classe política e tece elogios a Moro.
Maroni já foi preso quatro vezes, três sob acusação de explorar prostituição e uma por colocar em risco o tráfego aéreo de São Paulo (há um impasse na Justiça envolvendo um prédio de onze andares próximo do aeroporto de Congonhas).


6 comentários

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 19:58 hs

    Vou votar no cara que entende como são as mães dos politicos.

  2. Juca
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 5:30 hs

    Realmente ele entende bem disso. A militância petista também sabe sua origem e onde foi gerada! Portanto os petistas tem de apoiar mesmo o representante de suas genitoras votando nele!

  3. Bad
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 8:33 hs

    Ganhou meu voto!!

  4. falido e ainda mal pago
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 10:08 hs

    Deveria assumir já. De zona ele entende. Maroni já!

  5. BETO
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 12:39 hs

    Sergio Silvestre

    LULA, CÂNCER DO BRASIL

  6. BETO
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 14:06 hs

    Prefiro votar nessa Puta a votar no fanfarrão, ignorante, imbecil, despreparado e LADRÃOOO Sr. Lula da Silva o câncer do Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*