Desemprego atinge principalmente os jovens | Fábio Campana

Desemprego atinge principalmente os jovens

Brasil Econômico

Os jovens foram os que mais perderam emprego no Brasil em 2016. De acordo com a 62ª edição do Boletim Mercado de Trabalho, divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), entre as pessoas de 14 a 24 anos, o valor médio das taxas de desemprego trimestrais subiu de 20%, em 2015, para 27,2%, em 2016. Ao mesmo tempo, os índices para outras faixas etárias também cresceram, mas em menor ritmo.


2 comentários

  1. Benjamin Button
    sábado, 6 de maio de 2017 – 19:49 hs

    E aonde está a novidade, é assim em todo mundo, é assim nos EUA, na Europa, em todo lugar. Em tempos de competição braba a experiência somada ao conhecimento são diferenciais decisivos na hora de se manter o emprego, não rendeu, ciao, ciao.

  2. FUI !!!
    domingo, 7 de maio de 2017 – 5:55 hs

    Mais do que os bilhões que nos roubaram o mais grave é esta sen-
    sação de impunidade e a perda do horizonte… O grau de desempre-
    go dos mais jovens leva fatalmente à mudança de rumo da vida por-
    que se não tem emprego porque estudar e como vai viver !? Uma
    boa parte vai partir para a marginalização.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*