Candidato apoiado pelo Brasil vence eleição na OMS | Fábio Campana

Candidato apoiado pelo Brasil vence eleição na OMS

O ministro etíope, Tedros Adhanom Ghebreyesus, foi eleito agora pouco o novo diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra. Tedros teve o voto do Brasil. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, foi um dos principais apoiadores e fez campanha pela eleição do africano.

Segundo Barros, Tedros apresentou a proposta mais alinhada com a visão brasileira para atuação da OMS. Um dos pontos defendidos pelo Brasil é a descentralização da Organização com uma autonomia maior para as iniciativas regionais. Com a eleição de Tedros, o Brasil irá indicar técnicos para posições chave e ter voz mais ativa nas decisões da OMS.

Na foto: A presidente da Fiocruz Nísia Lima, o diretor da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus, o ministro Ricardo Barros, a vice-governadora do Paraná Cida Borghetti e o presidente da Anvisa Jarbas Barbosa.


Um comentário

  1. AMO
    quarta-feira, 24 de maio de 2017 – 5:30 hs

    O que a esposa do ministro traquino fazia lá?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*