Antes que os mal-entendidos prosperem | Fábio Campana

Antes que os mal-entendidos prosperem

Para restabelecer a verdade que anda chamuscada por parte da imprensa interessada no assunto, o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, fez alguns esclarecimentos fundamentais. Direto, objetivo, informou: a Fomento Paraná é a maior e mais sólida agência de fomento do país. Seu patrimônio líquido, índice de liquidez, rentabilidade e lucro líquido são os maiores dentre as congêneres nacionais.

Sua gestão de capital é considerada exemplar, o que a transformou em referência no setor, tendo atualmente classificação de risco nacional AA pela Fitch Ratings, uma das três principais agências avaliadoras de risco do mundo.

O Banco Central do Brasil, utilizando o critério internacional de avaliação de risco CAREL, que vai do 1 ao 5, classificou a Fomento Paraná no nível 2, situando-a no maior nível de classificação obtido por instituições financeiras nacionais, juntamente com bancos comerciais considerados de primeira linha.

Teve no último exercício financeiro um lucro líquido de R$ 101 milhões. O lucro líquido projetado para 2017 está estimado em 127 milhões. Hoje, o patrimônio líquido é de R$ 1,542 bilhão. Como já é de conhecimento público, os financiamentos concedidos à CAP S/A foram realizados com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico – FDE, cujos patrimônio e capital não se confundem com os da FOMENTO PARANÁ, e também possui situação financeira sólida, contando atualmente com um ativo superior a R$ 800 milhões, já descontadas as provisões para eventuais perdas e inadimplências.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*