A quibada deu em nada | Fábio Campana

A quibada deu em nada

Na noite de terça, todos os brasileiros com a atenção cravada no depoimento de Lula e nas movimentações de rua do PT, o secretário Ratinho Jr chamou Beto Richa e o PSDB para propor um trato. Oferece a vice, vaga na disputa do Senado, apoio permanente, simpatia de sua rede de TV e mais uma penca de agrados em troca do apoio tucano. Seria a fórmula para consolidar sua candidatura ao governo em 2018.

O que os tucanos responderam? Nada. Com a cara de paisagem, subiram no muro. Disseram que apreciam muito a oferta e que continuarão a apreciá-la. Beto Richa disse que ainda estuda sua candidatura em 2018. Ao fim e ao cabo, a quibada deu em nada.


3 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 11 de maio de 2017 – 9:10 hs

    Enquanto o quibe sai,logo entra mo rabo do povo,esses delinquentes deveriam se auto intitular bandoleiros do poder.

  2. Pirado
    quinta-feira, 11 de maio de 2017 – 10:39 hs

    IMAGINE SE BETO RICHA, ESSE MONSTRO DA POLÍTICA PARANAENSE (QUE AFASTA TODOS QUE LHE FAZEM SOMBRA NO PARTIDO) IRIA FECHAR ACORDO COM QUEM TEM ALGUMA CHANCE DE GANHAR DO OSMAR DO PDT/PT!!! BETO PREFERE AMARRAR SEU BODE NA CANDIDATURA NATIMORTA DA VICE!! É UM MONSTRO DA POLÍTICA, ESSE BETO!!!!

  3. Marcos Brasil
    sexta-feira, 12 de maio de 2017 – 9:40 hs

    BETO RICHA, MARCELO RICHA QUE TEM PRETENSÕES CLARAS E OBJETIVAS PARA CONCORRER A UMA CADEIRA NA ASSEMBLÉIA, SOMENTE ENXERGAM VOSSOS UMBIGOS, E QUE OS ALIADOS TROQUEM TIROS ENTRE SI, IMPORTANTE SÃO OS PLANOS VELADOS E EGOÍSTAS DA HOT FAMILY!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*