A ladainha do Greca | Fábio Campana

A ladainha do Greca


Rafael Greca não se cansa de repetir. A dívida deixada pelo ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) é uma dor de cabeça que não tem solução. No plano de recuperação fiscal avaliado pela Câmara Municipal de Curitiba, Greca enviou uma proposta que atualiza o valor da meta de déficit primário de 2017 de R$ 303,256 milhões para R$ 2,194 bilhões.

No pedido aparece que a dívida não empenhada é de R$ 614 milhões e restos a pagar sem disponibilidade de caixa, R$ 228 milhões. A revelação deixa claro que a real dívida deixada na gestão passada bate na casa de R$ 2,2 bilhões. Se considerar o parcelamento do IPMC, para pagamento em 35 anos, o papagaio chegará brincando em R$ 2,5 bilhões, valor próximo do gritado pelo ex-vereador Professor Galdino (PSDB) e negado pela base aliada no passado.


7 comentários

  1. Nika
    terça-feira, 16 de maio de 2017 – 20:47 hs

    O professor Gaudino é um visionário para não falar que é o nosso Nostradamus. E agora o que o prefeito vai fazer?

  2. Daniel From
    terça-feira, 16 de maio de 2017 – 21:33 hs

    Esses caras da prefeitura estão perdidos, não sabem o que fazer.

  3. Laura Unni Moser
    terça-feira, 16 de maio de 2017 – 22:30 hs

    Já que o ex prefeito Gustavo Fruet, quebrou a prefeitura de Curitiba, deveria o atual prefeito fazer uma denuncia contra o Gustavo Fruet no Ministério Público Estadual e Federal.
    E chega de Blá Blá Blá

  4. JUca
    quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 0:10 hs

    Nem tenho necessidade de fazer defesa de um ou de outro, mas o atual prefeito prometeu muita coisa sem saber o que e como estava a prefeitura.
    Quando dizia ” se não sabe fazer deixa que eu faço” mentiu para coptar eleitores que a acreditaram nele. Mas, o pior é que ele, Greca não tem equipe e pegou a reboque um bando de pessoas que sequer sabiam onde era a sede da prefeitura e deu no que está dando. Vamos aguardar e os funcionários que ainda sabem o caminho das pedras devem reagir e mostra quem é quem na estrutura da Prefeitura.

  5. Kaká_Ctba
    quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 9:44 hs

    O objetivo do atual prefeito já foi atingido: “Lançar no cenário Político Paranaense o nome do seu vice Eduardo Pimentel”. Suas promessas de campanha em devolver a esperança aos curitibanos previa entre outras, a reestruturação do IPMC, manutenção do ICS, realização de novos concursos públicos principalmente para a área da saúde bem como a valorização do funcionalismo. A realidade é que o chamado pacotaço de maldades já esta todo preparado seguindo orientações do seu principal cabo eleitoral durante a campanha.

  6. LENZA TOLEDO
    quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 10:18 hs

    A cidade de Curitiba ficou sem graça, principalmente pra quem é de fora. Muitas prostitutas, travestis e assaltantes escolhendo suas vítimas. Parece Ponta Grossa. Só que isso não é de agora. O trânsito não flui, guardas multando pra todos os lados, por qualquer motivo, e a cobrança do estacionamento nas ruas mais se parece com terrorismo.

  7. Maquiavel
    quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 11:19 hs

    E do Giovanni ninguém fala nada…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*