86% das cidades do Paraná tem problemas com o crack | Fábio Campana

86% das cidades do Paraná tem problemas com o crack

O Observatório do Crack, da Confederação Nacional de Municípios, revelou que dos 399 municípios do estado, 346 enfrentam problemas relacionados ao crack.
Os números acusam que em 93 cidades o nível de problema é alto; em 164 médio; em 89 é baixo e em apenas 16 cidades não há problemas com a droga.
Curitiba e outros 36 munícipios não responderam ao questionário do Observatório.
O estudo também mapeou a rede de apoio aos usuários nos Estados.
No Paraná, apenas cinco dos 399 municípios têm Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Somente 28 cidades têm Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS), contra 371 sem a estrutura.
No caso de Centros de Referência Especializados da Assistência Social (CREAS), apenas duas cidades das 399 possuem este tipo de atendimento.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*