Advogado deixa a defesa de Rocha Loures | Fábio Campana

Advogado deixa a defesa de Rocha Loures

O advogado José Luiz de Oliveira Lima, conhecido como Juca, deixou a defesa do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), flagrado levando uma mala com R$ 500 mil de propina paga pela JBS. A decisão foi do advogado, que não explicou os motivos da saída alegando impedimento ético. As informações são da Folha de SP.

Rocha Loures ainda não tem novo advogado. O deputado estaria conversando com procuradores sobre um acordo de delação premiada. Ele é um dos auxiliares mais próximos do presidente Michel Temer e foi citado na delação premiada de executivos da JBS como tendo negociado propina representando o presidente da República.

Juca é advogado de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, que negocia acordo de delação premiada na Lava Jato.

Na semana passada Rocha Loures devolveu na Polícia Federal a mala com dinheiro recebido da JBS. A devolução aconteceu em duas etapas. Primeiro seus advogados entregaram R$ 465 mil em dinheiro vivo numa mala. Os R$ 35 mil que faltavam para completar os R$ 500 mil foram depositados numa conta judicial aberta pelos responsáveis pela investigação.


4 comentários

  1. Zabra Q Tize
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 15:24 hs

    Eita mentirinha pai d’égua sô…. Deixou ou foi deixado… a imprensa jogando milho para colher burro… A mídia neste país não se ajeita sem jabá….

  2. eleitor desmemoriado.
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 15:32 hs

    a esta altura o papai já contratou ou o Cid Campelo, ou o Renê Dotti ou o Elias Assad, de advogados bons e competentes Curitiba está cheia.

  3. TÔ FORA !!!
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 16:02 hs

    Apesar da grana que estes advogados poderiam receber, para quê
    esquentar tanto a cabeça se seu cliente vai em cana !?

  4. PEREGRINO
    terça-feira, 30 de maio de 2017 – 8:22 hs

    Inescrupulosos, mentirosos, dissimulados…Gálatas 5:19-21 – Se for capaz lêia!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*