Uma Lava Jato para investigar os sindicatos? | Fábio Campana

Uma Lava Jato para investigar os sindicatos?


Operação mergulharia nas finanças do meio sindical, para que a sociedade conheça como é usado o dinheiro dos trabalhadores

Juan Arias, El País

Há no Brasil 16.393 sindicatos, e poderiam ser até mais do que isso, segundo informações da imprensa. Para que tantos sindicatos? Nos Estados Unidos, por exemplo, existem 130; na Alemanha, 11; no Reino Unido, 168; e na Argentina, bem ao lado e bastante sindicalizada, 91. A cada dia, além disso, surge um novo sindicato. Só as igrejas evangélicas, que nascem a cada hora, registram um crescimento maior do que esse. Pode parecer brincadeira, mas existe até mesmo “o sindicato dos trabalhadores de sindicatos”. A lei foi sancionada em 2006 pelo então presidente e ex-sindicalista Lula da Silva.

Todo mundo fala na necessidade de uma lei de reforma eleitoral como antídoto contra a corrupção que se aninhou na classe política e contra a loucura que significa haver 30 partidos representados no Congresso. Seria esse mar de sindicatos o mais numeroso do mundo? E o imposto sindical obrigatório que retira um dia de salário por ano de todos os trabalhadores, sindicalizados ou não, com uma arrecadação anual de mais de 3 bilhões de reais? Com o fato adicional de que as organizações sindicais ainda gozam da prerrogativa de não ter de prestar contas dessa arrecadação bilionária a nenhuma autoridade do Estado ou do Governo, outro presente que lhes foi dado pelo ex-sindicalista Lula.

Com essa montanha de sindicatos para os trabalhadores privilegiados que têm seu posto de trabalho garantido, quem se ocupa dos 14 milhões de desempregados, abandonados à sua própria sorte? Segundo alguns especialistas, a obrigatoriedade do imposto sindical para trabalhadores não sindicalizados fere a liberdade, a autonomia do trabalhador e a liberdade sindical. Além disso, hoje, os dirigentes sindicais acabam virando também políticos ou politizados, expostos aos pecados da corrupção. Quantas campanhas eleitoraisnão terão sido sustentadas ilegalmente com dinheiro sindical?

Há quem diga que haverá, por isso, uma nova Lava Jato que mergulharia nas entranhas financeiras do meio sindical, para que a sociedade pudesse conhecer como são usados esses bilhões provenientes dos trabalhadores. O Brasil está tentando promover uma faxina no mundo político para abrir novos caminhos legais para o financiamento das campanhas, muitas delas, pelo que se revela nos tribunais, fruto de dinheiro sujo das empresas. Por que não fazer algo semelhante no mundo das finanças sindicais? É um dever para com a sociedade como um todo e em especial com os trabalhadores. Um dever para com esses milhões de pessoas que sofrem com o peso do desemprego, que já provocou dezenas de suicídios.

Seria injusto e doloroso para esses desempregados descobrir que o dinheiro sindical, do qual lhes chegam apenas algumas migalhas, corre solto pelos atalhos da ilegalidade. Trabalhadores e desempregados têm o direito sagrado de conhecer com toda transparência como é usado esse dinheiro gerado pelo seu esforço.


12 comentários

  1. Rr
    quarta-feira, 5 de abril de 2017 – 22:05 hs

    Esses vagabundos chefe dessa quadrilha,já deveriam estar na cadeia e tomando uma surra por dia.

  2. Centauro
    quarta-feira, 5 de abril de 2017 – 23:03 hs

    Por gentileza não esqueçam do famigerado SINDICATO PATRONAL, o qual é protegido por um grande lobby dos Ruralistas e demais comparsas, bem como Faep e fetaep e os presidentes municipais dos sindicatos patronais que estão se locupletando e construindo as melhores mancões das cidades, as custas do suor dos produtores rurais, os quais são explorados todos os anos pagando aproximadamente 20.00 Rs por alqueire, cuja cobrança é compulsória (obrigatória) em troca de nada ou quase nada de retorno, quando não é paga os juros cobrados pelos sindicatos patronais são astronômicos até equipamentos agrícolas são tomados do produtor rural.
    Para aqueles beneficiados que queiram defender esta ladroagem tenho uma ótima ideia como é em outros países, quem se interessar que pague, o que sou contra É A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL DO SINDICATO PATRONAL SER OBRIGATÓRIA, “isto é uma vergonha” para não dizer um roubo.

  3. A CULPA É DO FHC
    quarta-feira, 5 de abril de 2017 – 23:08 hs

    ESSA TODOS OS BRASILEIROS APOIAM.

    É UMA PICARETAGEM SEM FIM ESSA PRÁTICA DOS SINDICATOS.

    JÁ VI ENTERRO DE ANÃO, FOTOGRAFIA DE SOGRA NA CARTEIRA DE GENRO, CABEÇA DE BACALHAU: MAS N U N C A
    VI UM EX-PRESIDENTE DE SINDICATO!!

    CAMBADA DE APROVEITADORES, SAFADOS, NÃO REPRESENTAM ALÉM DOS INTERESSES PRÓPRIOS!

    SINDICALISTA É A LEGITIMA EXPRESSÃO DO VAMPIRO, SANGUESSUGA, GIGOLÔ DOS TRABALHADORES.

    SERGIO MORO, E DALTAGNOL NESSE POVO SAFADO!
    FORA SINDICATOS!!!!

    CADEIA

  4. Helena
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 0:53 hs

    Só falta fundar um sindicato dos ladrões e mentirosos. Nem precisa comentar quem serão os filiados deste e com o presidente mor.

  5. NA CORDA BAMBA
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 6:27 hs

    Quem fundou os Sindicatos !? Claro, foi o sapo barbudo.
    Assim como existem uma infinidade de sindicatos, existem uma
    imensidão de partidos políticos. Tudo para que exista uma torneira
    aberta para sugar o suado dinheiro do povão. As leis trabalhistas
    por aqui que parecem uma proteção aos trabalhadores na verdade
    tornou-se um grande estopim para que os empregadores não con-
    tratem mais ninguem para se auto proteger de ações futuras. Um
    país como este, criado pelo PT transforma-se gradativamente em
    uma grande Cuba ou Venezuela…

  6. BETO
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 8:14 hs

    Bando de vagabundos e aloprados. Tem que acabar com a contribuição Sindical somente assim iremos parar de sustentar estes sindicalistas vadios manipulados pelo preguiçoso e vagabundo Lula da Silva. Vão trabalhar seus palhaços.

  7. ELEITOR DE BOA MEMORIA
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 11:33 hs

    não sei porque ficam descutindo a prestação de contas das campanhas, e o dinheiro do sindicato quem sabe o que fazem????

  8. quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 12:33 hs

    SINDICATO???..PRA QUE;;;EU NAO DOU UM TOSTÃO Á ESSES CARAS….NAO DEVIAM EXISTIR….SÓ OS DE CIMA QUE LEVAM OS $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$…

  9. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 14:47 hs

    Tem que investigar os patronais e os laborais e suas federações. Sabe-se lá o que vão encontrar…

  10. Humberto Bridi
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 14:48 hs

    Alguém sabe, alguém já viu um diretor sindical desempregado?

  11. iri
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 18:25 hs

    Piór de tudo, tirando dinheiro dos trabalhadores de fato.

  12. Helena
    sábado, 8 de abril de 2017 – 21:22 hs

    Tem que investigar todos os sindicatos. Todos são corporativistas em excesso. Não importa o ramo e a ideologia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*