Tudo vira lei | Fábio Campana

Tudo vira lei

Foi oficializado em lei estadual a Rota do Pinhão. A deputada Claudia Pereira (PSC), que a propôs, explicou falando “da importância do turismo para as cidades e para a população na geração de renda. Muitas vezes, por falta de estímulo, certas regiões com grande potencial turístico acabam não sendo tão desenvolvidas”. Até aí tudo bem, mas é difícil imaginar que alguma coisa mudará de fato, só porque mudou de direito.

O texto da Lei 18.959/2017 aponta:

Art.1o. Institui a Região Turística Rotas do Pinhão, incluindo-a no Roteiro Turístico Oficial do Estado do Paraná.

Art.2o. Para fins desta Lei, integram a Região Turística Rotas do Pinhão os seguintes municípios: Araucária, Balsa Nova, Bocaíuva do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Curitiba, Lapa, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Negro, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul.

E só. Absolutamente nenhuma outra providência casada e legal para os lugares, a não ser a entrada na abrangência dos textos maiores que incluem o incentivo ao turismo.

Virar lei é fácil, mudar realidades é que são elas.


Um comentário

  1. Nalata
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 16:13 hs

    Infelizmente não é lícito ao Deputado Estadual legislar e criar despesas ao Executivo, assim, não resta aos legisladores outra iniciativa que não a de incluir no calendário de eventos roteiros turísticos ou coisas equivalentes!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*