TCE multa Greca e URBS por manterem tarifa em R$ 4,25 | Fábio Campana

TCE multa Greca e URBS por manterem tarifa em R$ 4,25

O Tribunal de Contas do Estado determinou multa a Rafael Greca e a José Antônio Andreguetto por terem descumprido a medida cautelar que anulava o reajuste da tarifa de ônibus para R$ 4,25. Na época em que foi feita a alteração, o conselheiro Ivan Bonilha determinou que a tarifa deveria voltar a R$ 3,70. Bonilha justificou sua decisão considerando que de 2015 a 2017 a tarifa tinha reajuste acumulado de 49,11%, muito acima da inflação do período e que não houve informações sobre como foram usados esses recursos e que também não havia transparência na gestão de Greca sobre os critérios adotados para o aumento da passagem.

Prefeitura e URBS conseguiram manter o aumento porque o Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a medida cautelar do TCE.

Como a decisão não foi cumprida, o TCE aplicou multa de R$ 2.887,90 para ambos.


3 comentários

  1. Lulu da Pomerânia
    sábado, 29 de abril de 2017 – 9:26 hs

    O TCE tem a síndrome de vira-lata ao contrário.

  2. Vitor
    sábado, 29 de abril de 2017 – 12:54 hs

    Agora. .dá licença …Quem votou nisso aí é cúmplice. Não reclamem e aguentem

  3. Gero
    domingo, 30 de abril de 2017 – 10:03 hs

    O quê? Como vão pagar essa absurda quantia?
    O tal do TCE só pode estar de brincadeira. A multa de pouco mais de 2 mil é simplesmente ridícula.
    .
    Tenham vergonha na cara.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*