STF devolve goleiro Bruno à prisão | Fábio Campana

STF devolve goleiro
Bruno à prisão

Por maioria de votos, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu revogar a prisão preventiva do goleiro Bruno Fernandes de Souza. A decisão determina o restabelecimento da custódia cautelar de Bruno, com imediato cumprimento de mandado de prisão. Bruno foi condenado a mais de 22 anos de prisão pelo homicídio de Eliza Samúdio.

Na última semana, o procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, enviou parecer ao STF pela revogação da decisão do ministro Marco Aurélio, que mandou soltar Bruno. A sentença foi proferida pela participação do atleta na morte da modelo Eliza Samúdio, com quem teve um filho.

No habeas corpus concedido em fevereiro, Marco Aurélio entendeu que Bruno estava preso há mais de seis anos sem que a apelação da defesa tivesse sido julgada. Ex-jogador do Flamengo, Bruno hoje atua pelo Boa Esporte, que disputa a segunda divisão do Campeonato Mineiro.


4 comentários

  1. FUI !!!
    terça-feira, 25 de abril de 2017 – 16:50 hs

    Um assassino confesso como este cara precisa cumprir cada se-
    gundo da sua vida na prisão. Ou não existe lei neste país.

  2. Teimoso
    terça-feira, 25 de abril de 2017 – 21:16 hs

    Estes comportamentos e interpretações da lei por juízes diferentes de uma instância superior, é o que deixa o brasileiro descrente. Primeiro condenaram um cidadão por um crime de morte onde não tem cadáver, depois de muitos anos preso de forma equivocada, soltam o acusado por determinação de um ministro e logo em seguida vem outro,cujo comportamento tem recebido muitas criticas por ter sido indicado pela ex-presidenta, e manda prender o cidadão outra vez, vai na TV como um paladino da verdade e crucifica mais uma vez o acusado que exercia sua profissão de jogador de futebol. Como se trata de um juiz um tanto estabalhoado,e cheio de contradições, devo acreditar que se trata de uma manobra para tirar o foco do evento Moro X lula que está na mídia fortemente. Acreditem que quiser mas é isto que eu penso.

  3. JÁ ERA...
    quarta-feira, 26 de abril de 2017 – 6:30 hs

    O STF continua sendo um belo balaio de gato (felpudo) mesmo.
    Se apenas um Ministro tem o poder de revogar a prisão de um
    assassino confesso como o Bruno, o que dirá ao analisar processos
    importantes para o país !? Lugar do Bruno é na cadeia. Pelo menos
    uma questão diferente o cara experimentou e vai sentir na pele ao
    voltar para a cela… como é bom ser honesto nesta vida e a liberdade
    não tem preço mesmo…

  4. DOUTOR OTTO
    quarta-feira, 26 de abril de 2017 – 12:00 hs

    A turma do STF percebeu a mancada que foi a liberação do goleiro Bruno, quando os advogados do Zé Dirceu também ingressaram no STF solicitando a sua soltura, com base nos mesmos argumentos ( de que não poderia aguardar as decisões do recurso encarcerado ). Mandaram o Bruno pro xadrez novamente, evitando assim uma enxurrada de pedidos de liberdade dos condenados do Petrolão e Lava- jato, baseados no precedente da libertação daquele. essa é a justiça brasileira, interpretando e reinterpretando as leis segundo as conveniências do momento.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*