Serraglio garante projetos de segurança | Fábio Campana

Serraglio garante projetos de segurança

Em visita à Curitiba, nesta quinta-feira, 13, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Osmar Serraglio, garantiu a manutenção dos projetos realizados em parceria com o Governo do Paraná.
“Nós temos vínculos econômicos muito fortes com um convênio em torno de R$ 160 milhões. Isso, de certo modo, estava contido e com a atuação do nosso secretário Mesquita (Wagner) tornar realidade com novos presídios e cadeias que serão implementados em pouco mais de um ano. No caminho houve percalço com regras e normas técnicas do departamento penitenciário em Brasília que criaram dificuldades que estão sendo superadas”, completou.

“É um privilégio testemunhar pessoalmente o que significa o estado do Paraná neste setor tão relevante como a segurança pública e estamos em um estado que serve de modelo para o país”, elogiou o ministro.

Na visita, Serraglio conheceu detalhes o convênio da União com o Governo do Paraná e Caixa Econômica Federal (CEF), que prevê a construção e ampliação de 14 penitenciárias no Paraná. O investimento é de R$ 135 milhões, sendo R$ 34 milhões de contrapartida do Estado. Dentre as obras programas, adiantou o secretário eestadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, adiantou ainda que nnos próximos dias será retomada a obra da Cadeia de Campo Mourão, cuja capacidade será para 382 detentos.

“Com esta visita estamos tendo a oportunidade de mostrar alguns projetos que temos em parceria com o Ministério da Justiça, projetos esses que já se iniciaram e estão dando resultado. Basicamente, a liberação do Fundo Penitenciário garantiu viaturas e armamentos entregues pelo governador Beto Richa no início desta semana. Estamos renovando ainda o parque tecnológico do Depen e a aplicação em uma nova unidade penal”, adiantou Mesquita.

“Essa parceria está garantindo a execução das nossas 14 obras que vão garantir sete mil novas vagas no sistema prisional e acabar de vez com a presença de presos nas delegacias. Estamos em fase final de revisão na Caixa Econômica Federal e a unidade de Campo Mourão está reiniciando o seu trabalho. Todas as obras deverão ser concluídas em 24 meses”, completou o secretário Wagner.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*