Richa regulamenta aposentadoria de servidores | Fábio Campana

Richa regulamenta aposentadoria de servidores

O governador Beto Richa.Curitiba, 13-03-17.Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

O governador Beto Richa assinou decreto que regulamenta os trâmites administrativos para pedido de aposentadoria e licença remuneratória para fins de aposentadoria dos servidores públicos. Com isso, haverá redução significativa no tempo para a concessão do benefício e na exigência de novos documentos. O decreto foi assinado na quarta-feira (29).

“Atualmente, há um excesso de trâmites burocráticos que prolongam a finalização dos pedidos”, justificou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, que também assina o decreto. “Isso tem gerado dois problemas consideráveis que são a demora para a concretização do direito de aposentadoria e um desperdício de recursos na tramitação dos processos”, completou a secretária da Administração e da Previdência, Marcia Carla Pereira Ribeiro.

O decreto abrange os servidores da administração direta, autárquica e fundacional do Paraná. Ele prevê a redução no número de atos para que o servidor consiga se aposentar. Atualmente, há necessidade de aproximadamente 30 assinaturas de chefes dos mais variados órgãos, alguns deles de forma repetitiva. Com o decreto, esse volume de movimentação deve chegar a, no máximo, dez.


3 comentários

  1. eleitor
    sábado, 1 de abril de 2017 – 16:40 hs

    Tudo para cair nas graças do povo paranaense para se eleger
    senador mas espero que o povo paranaense exclua esses demagogo da politica e lembre do dia 29 de abril dia do camburão educativo dos políticos da assembleia .

  2. eleitor desmemoriado
    sábado, 1 de abril de 2017 – 21:39 hs

    Mas será que aquele famoso “afastamento” de 90 dias vai acabar também? Porque o servidor que vai se aposentar fica afastado 90 dias antes da concessão da aposentadoria. E tem gente que, passado este tempo, na hora de assinar o pedido volta atrás. E fica mais uns pares de anos ameaçando que “vai se aposentar”.

  3. quarta-feira, 5 de abril de 2017 – 4:17 hs

    Dois comentários sem fundamentos.
    Desconhecimento e inveja.
    Vai fazer concurso … não … há é genético

    O professor esquece essa do camburão, pega mal associar o dia 29 é coisa de PT polegada no sindicato. Esquece isso é melhora o nível das aulas.
    Nosso indébita tá vergonhoso. E os filhos de professores em colégios particulares. Que coisa!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*