Richa passa R$ 35 milhões para a saúde de 206 cidades | Fábio Campana

Richa passa R$ 35 milhões para a saúde
de 206 cidades


Ao vivo no facebook, o governador Beto Richa (PSDB) anunciou, agora há pouco, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o repasse de R$ 35 milhões para fortalecer a rede básica de saúde de 206 municípios paranaenses. Richa assinou ainda, no evento, decreto de nomeação 585 servidores para recompor o quadro de saúde, além de entregar, oficialmente, 80 novas ambulâncias para atender as emergências na Saúde. “Em um momento de profunda crise financeira nacional, que afetou todas as administrações municipais e estaduais, com queda brutal das nossas arrecadações, o Paraná é o único estado do Brasil que tem investido em todas as áreas, o Paraná avança, segue em frente, investindo em todos o municípios, contratando servidores, promovendo reajuste de 14%, pagando adiantado o 13 salário”, disse Richa.

O governador destacou ainda, em discurso, que os repasses de recursos e os novos investimentos do Estado são possíveis graças ao ajuste fiscal que ele (Richa) adotou no Paraná, em dezembro de 2014, cumprindo com as obrigações fiscais. “Quando adotei as medidas de ajuste fiscal, em dezembro de 2014, eu sabia que iriam compreender melhor agora, que o que nós fizemos, foi fundamental para o futuro do Paraná, que foi o primeiro estado a sair da crise e que cumpriu, verdadeiramente, o dever de casa. Eu nunca tive dúvida de fazer o que tinha que fazer”, ressaltou o governador Beto Richa.


Um comentário

  1. Aguirre
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 9:55 hs

    É o Richa repassando os impostos pagos pelos paranaenses e, segundo a nota acima, encomendando mais dívida pública futura ao contratar mais servidores.
    O Sr. Richa pode fazer esta propaganda porque apenas neste ano, por exemplo, aumentou 50% a alíquota do ICMS para remédios, tirando mais recursos (principalmente dos idosos) da economia para repassá-los ao setor público.
    Um lema adequado para deste governo seria “GOVERNAR É AUMENTAR IMPOSTOS”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*