Pare agora | Fábio Campana

Pare agora

Painel, Folha de S. Paulo

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai pedir vistas do projeto de abuso de autoridade, cujo relatório será apresentado por Roberto Requião (PMDB-PR) nesta quarta-feira (19).

Requião colocou no texto trecho que abre a possibilidade de qualquer cidadão que se sinta prejudicado pela atuação do Ministério Público ou do Judiciário alegar abuso de autoridade.

O dispositivo que pode retaliar investigadores preocupa a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. Assim que Requião liberou o texto no sistema do Senado, Randolfe enviou cópia ao procurador Deltan Dallagnol.


4 comentários

  1. Joao SIlva
    quarta-feira, 19 de abril de 2017 – 9:14 hs

    Eu sinceramente passei minha vida abominando o comedor de mamonas. Porém, em alguns casos é forçoso apoia-lo…O projeto de Lei Abuso de Autoridade é mais do que necessário. Exemplos não faltam..A Carne Fraca que gerou danos gigantes ao País, combinada com a denúncia (na Integra em jornais) mostra que alguns estão abusando sim de seus “poderes”, e não tem nenhuma medida que impeça…Isso sem falar em casos como “voce não sabe com quem está falando” (muito mais comum entre servidores do judiciário do que políticos que precisam de voto), entre tantas outras coisas…O Projeto de Lei é anterior a Lava Jato, outro ponto, os procuradores mentem quando alegam ameaças, e demais a mais Lava Jato e a Lei de Abuso de Autoridade poderiam e deveriam andar juntas…e procuradores e juízes deveriam ser os primeiros a defender o tal projeto ( e não ficar de histerismo, dizendo que tem fogo na floresta).

    Quanto a “qualquer um pode alegar abuso”…acho válido…tenho alguns exemplos inclusive do sr Moro que algumas leis são atropeladas…A pessoa ter o direito de demandar, não significa que va prosperar e que alguém será punido…

    O tal do vídeo dos procuradores mostram o momento absurdo que vivemos…O tal Carlos Fernando e cia só não explicam “quem ameaça”, quais dispositivos” entre outras coisas…

    Esquece o procurador que participou ativamente do Banestado, que Youssef foi beneficiado por ele e por Moro, e voltou mais forte….Esquece que a punição ínfima dada aos bandidos gera impunidade e mostra que o crime compensa…

    Abusam da demagogia, atropelam leis, atropelam Instituições…

    O Brasil vai mal com este debate público…Os corruptos são lixo, porém os candidatos a “nossos salvadores” são tão ruins quanto…

  2. quarta-feira, 19 de abril de 2017 – 9:19 hs

    “REAGEBRASIL. Esperamos que haja um pouco de lucides desse congresso combalido sem nenhum patrimônio moral para propor o que estão querendo. A Lava Jato é um patrimônio intangível do Brasil. Ela é intocável. O País tinha que abrir muito mais o olho também na questão da previdência e da reforma politica…” – Profº Celso Bonfim

  3. JÁ ERA...
    quarta-feira, 19 de abril de 2017 – 9:44 hs

    Requião e as suas… Acredito que quando este cara nasceu joga-
    ram fora a criança e criaram a placenta !!!

  4. Sergio R.
    quarta-feira, 19 de abril de 2017 – 15:44 hs

    Se o lixão colocar no texto, que o cidadão que se sinta prejudicado pelo legislativo, possa processar o senador, deputado, prefeito, governador, etc podemos negociar.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*