O dedo do Requião | Fábio Campana

O dedo do Requião


Logo após a deflagração da Operação Carne Fraca, a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) veio a público dizer ter sido pressionada, quando comandava o Ministério da Agricultura, pelos deputados Osmar Serraglio (atual ministro da Justiça) e Sergio Souza, ambos do PMDB, para indicar e manter Daniel Gonçalves Filho no comando da Superintendência da Pasta no Paraná. Daniel é considerado pela Polícia Federal como o “chefe da quadrilha” que afrouxou fiscalizações sobre frigoríficos no estado. Nos bastidores, Souza diz que os ataques que ele e Serraglio sofreram de Kátia Abreu foram encomendados pelo senador Roberto Requião, presidente estadual do PMDB no Paraná. A atuação de Requião à frente da legenda está sendo contestada e o senador partiu para o embate a fim de não perder o posto. As informações são de Leandro Loyola na Época.


Um comentário

  1. rodrigues
    terça-feira, 4 de abril de 2017 – 12:55 hs

    esse mamona assassina, e so confusao.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*