No andar de cima | Fábio Campana

No andar de cima

Painel, Folha de S. Paulo

A cúpula do PT não acredita mais na possibilidade de o ex-presidente Lula chegar a agosto de 2018, quando ocorre o registro de candidaturas, sem condenação colegiada que o deixe inelegível. Creem que o petista deve ser sentenciado por Sergio Moro em até quatro meses. O Tribunal Regional Federal leva, em média, só 120 dias para analisar recurso — e mantém ou amplia a pena em 70% das decisões do juiz. Para que ele dispute o Planalto, a sigla aposta em liminar a ser obtida no STF ou STJ.

Brecha – Trecho do artigo 26 da Lei da Ficha Limpa prevê que tribunais superiores podem suspender a inelegibilidade por liminar se considerarem o recurso do réu plausível. O PT quer manter Lula em alta nas pesquisas até lá, para ter os números como instrumento de pressão.


2 comentários

  1. NA CORDA BAMBA
    segunda-feira, 24 de abril de 2017 – 10:23 hs

    O Lula não pode mais dar nem meio passo para trás. Os processos
    impulsionam o cara para dentro da cadeia e toda a cúpula da PTzada
    sabem muito bem disso. Como a eleição é só para final de 2018 e
    o registro é até agosto/18 ainda muita água vai rolar por debaixo da
    ponte. Tomara que a enxurrada leve o sapo barbudo para bem longe.

  2. segunda-feira, 24 de abril de 2017 – 10:36 hs

    “Já dizia um filósofo contemporâneo: Para que tudo permaneça exatamente como está. É necessário que tudo mude!…” – Profº Celso Bonfim

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*