Maioria contra Temer | Fábio Campana

Maioria contra Temer

Deputados federais da base aliada de Temer preferem contrariar o governo a votar a PEC da Previdência. O receio é de impopularidade junto a eleitores. Levantamento feito pelo ‘Estado’ aponta que mais de 60% dos 252 deputados que disseram ser contrários à proposta da reforma da Previdência integram a base aliada do presidente Temer na Câmara dos Deputados. Os partidos da oposição compõem cerca de 40% dos votos contrários. No PMDB, partido de Temer, 16 dos 64 deputados afirmaram que votarão “não” ao projeto. Dentre os tucanos, 18 de 47 se manifestaram contra. As informações são do Estadão.


6 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 11:09 hs

    Maioria contra o Brasil. Cada um destes congressistas tem um parente, apaniguado ou relacionado como servidor de alto luxo, num dos poderes ou numa das instituições estatais miliardárias que pagam soldadas régias nas aposentadorias aos cinquenta e poucos anos. Nada mudará para estes. Somente a reba ignara que sacode nos ônibus e trens de subúrbio pagará a conta, como sempre. Os suseranos e os vassalos da relespública bananeira do Brasil.

  2. irineu
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 13:13 hs

    Vale dizer: a maioria contra o País e não contra
    Temer… Este se redime assumindo um pepino que ninguém quis assumir. Temer não sairá derrotado, mas sim as finanças públicas e os próprios interessados. Receber a aposentadoria no médio prazo só com mais impostos e taxas no lombo dos brasileiros. Não podemos perder de vista que, por ocasião da edição da Constituição de 1988, a nossa carga tributária era de 24%, hoje, incluídos os déficits primário e nominal, já está-se aproximando de 50%. E ainda achamos que Temer está perdendo…

  3. Valdir Bicudo
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 16:07 hs

    Previdência

    Está mais cara do que no nariz, que os deputados federais e os senadores independente de partido e/ou ideologia, que votarem a Reforma da Previdência com o formato elaborado pelos prepostos indicados pelos “BANQUEIROS”, ou seja, o grande capital, podem tratar de fechar seu caixão e dirigir-se ao “JAZIGO” da política.

    Valdir Bicudo – Curitiba/PR

  4. Veridiana
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 19:38 hs

    Está lá no Estado de SP.
    Sperafico, Arruda, Roman, Nishimori, Stephanes e Bueno. Paranaenses…anotem os nomes dos traíras e, mesmo que o presidente-tampão-tampico retire a emenda covarde, não apenas não votem, mas lembrem a todos de que lado esses elementos estavam.

  5. irineu
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 22:28 hs

    Corrigindo a colocação do pronome no texto anterior: onde se lê: “já está-se aproximando…”, leia-se: já se está aproximando…”

  6. Pirado
    sábado, 8 de abril de 2017 – 15:25 hs

    – TEMER, DIZEM, TÁ CAGANDO E ANDANDO PARA O QUE PENSA A “MAIORIA”!!! ENTÃO TÁ!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*