Guardas municipais aderem à greve | Fábio Campana

Guardas municipais
aderem à greve

Em protesto contra o pacote de ajuste fiscal proposto pelo prefeito Rafael Greca, os guardas municipais de Curitiba aprovaram, na noite desta quinta-feira (5), entrar em estado de greve. Com a decisão, a capital paranaense pode enfrentar uma greve geral de todas as categorias municipais caso Greca não retire o projeto de pauta na Câmara Municipal. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sismuc) e o Sindicato dos Servidores do Magistério também já aprovaram em assembleias pelo estado de greve.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal (Sigmuc), Luiz Vecchi, a assembleia chegou a bloquear a Rua Mariano Torres para a deliberação, uma vez que o número de presentes não coube na sede da entidade. “Nós não somos contra o ajuste fiscal, somos contra a maldade colocada nele. Não é justo o servidor ser prejudicado em relação a má gestão colocada pela gestão Greca”, disse.

Mesmo com o estado de greve aprovado, por enquanto os guardas municipais continuarão a trabalhar até a convocação de uma assembleia conjunta entre as categorias. A diretoria do sindicato também estará passando em todos os postos de trabalho para tirar dúvidas sobre o estado de greve.


20 comentários

  1. irineu
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 16:50 hs

    Campana, esse Greca é mesmo poderoso. Parece um mago. Produzir tantos problemas e dificuldades em três meses de governo, só possuindo mesmo uma afortunada magia.

  2. irineu
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 17:12 hs

    Tudo que não dá pra ser enquadrado na lógica dialética vai pra conta da barbárie mesmo. É uma campo farto de possibilidades…

  3. Seus burros,foi culpa do Fruet
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 20:05 hs

    Esse presidente deste Sindicato é sonso mesmo, será que não vê que se trata de herança maldita do Fruet e que aliás, concedeu reajustes fora da realidade do municipio e principalmente para os professores teve tratamento diferenciado dos demais servidores e assim, hoje esses guardas não fazem nada e ainda ganham muito bem pelo que fazem e ainda estão chorando.
    Estão ganhando o dobro que ganha um policial militar e ainda estão chorando.
    Vão trabalhar e parar de dormir em serviço.

  4. promessa
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 23:38 hs

    JÁ PENSOU TER ESPERANÇA DE ALGO MELHORAR E VER QUE NÃO PASSOU DE PROMESSA?? QUANDO VOCÊ PENSOU QUE IRIA TER UM AUMENTO POR MENOR QUE FOSSE E VÊEM UM CARA LHE DIZER QUE IRÁ REDUZIR SEU SALÁRIO.QUE VOCÊ SENDO UM AGENTE DE SEGURANÇA IRÁ PERDER O RISCO DE VIDA SE SAIR DE FÉRIAS OU LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE? QUE O TEU PATRÃO ALÉM DE NÃO TE DAR UM PEQUENO AUMENTO, QUER AUMENTAR SUA CONTRIBUIÇÃO DE PLANO DE SAÚDE EM 0,5% E MAIS R$50,00 REAIS POR DEPENDENTE,QUE TAMBÉM IRÁ AUMENTAR A CONTRIBUIÇÃO PARA APOSENTADORIA EM 4%?
    QUANTA TRAIÇÃO SR GRECA !!!

  5. promessa
    quinta-feira, 6 de abril de 2017 – 23:44 hs

    E QUE O PLANO DE CARREIRA QUE VOCÊ DEMOROU 29 ANOS PARA VER APROVADO, O CARA QUER SIMPLESMENTE IGNORAR, MESMO SENDO LEI.POR ISTO E MAIS DIGO VOU À LUTA !!! GREVE !!! PELA NÃO REDUÇÃO DO MEU SALÁRIO !!!

  6. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 6:09 hs

    O que o PT plantou no país é uma onda de greves intermináveis
    onde até as categorias essenciais para a sociedade viraram armas
    mortais para todos nós. Já se tornou impossível e inviável separar
    o que é direito e o que é dever. Se uma greve inconstitucional fere
    o cidadão até matar para que serve a greve se estão dando um tiro
    na própria cabeça !?

  7. Paulo Tadeu Macedo Neves
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 7:54 hs

    Esse novo prefeito é igual o ex prefeito.
    Os dois são FROUXOS
    Basta acabar com os sindicatos de pelegos que existe na prefeitura de Curitiba.

  8. TEM MAIS
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 9:11 hs

    Os sindicatos SISMUC, dos servidores da Educação, dos Auditores Fiscais também avaliam fazer operação padrão a partir desta assembléia.
    Em Fevereiro havia 338 comissionados na gestão Greca, este número pulou para 384 em Março, conforme portal da transparência.
    Fazer festa com chapéu alheio é fácil, os servidores não são culpados pela incompetência dos gestores Beto Richa, Luciano Ducci e Gustavo Fruet. Muitos comissionados que trabalharam nestas gestões hoje estão surfando na administração GRECA.
    O Greca fala que possui 12 secretarias mas no site da prefeitura tem:
    SECRETARIA DO GOVERNO MUNICIPAL – SGM
    SECRETARIA DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA – SIT
    SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS METROPOLITANOS – SMAM
    SECRETARIA MUNICIPAL DO ABASTECIMENTO – SMAB
    SECRETARIA MUNICIPAL DA COMUNICAÇÃO SOCIAL – SMCS
    SECRETARIA MUNICIPAL DA DEFESA SOCIAL – SMDS
    SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO – SME

  9. TEM MAIS
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 9:15 hs

    Os sindicatos SISMUC, dos servidores da Educação, dos Auditores Fiscais também avaliam fazer operação padrão a partir desta assembléia.
    Em Fevereiro havia 338 comissionados na gestão Greca, este número pulou para 384 em Março, conforme portal da transparência.
    Fazer festa com chapéu alheio é fácil, os servidores não são culpados pela incompetência dos gestores Beto Richa, Luciano Ducci e Gustavo Fruet. Muitos comissionados que trabalharam nestas gestões hoje estão surfando na administração GRECA.
    O Greca fala que possui 12 secretarias mas no site da prefeitura tem 17 secretarias, sem contar IMAP, ICS, URBS, IPMC e as regionais:
    1)SECRETARIA DO GOVERNO MUNICIPAL – SGM
    2)SECRETARIA DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA – SIT
    3)SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS METROPOLITANOS – SMAM
    4)SECRETARIA MUNICIPAL DO ABASTECIMENTO – SMAB
    5)SECRETARIA MUNICIPAL DA COMUNICAÇÃO SOCIAL – SMCS
    6)SECRETARIA MUNICIPAL DA DEFESA SOCIAL – SMDS
    7)SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO – SME
    8)SECRETARIA MUNICIPAL DO ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE – SMELJ
    9)SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS – SMF
    10)SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE – SMMA
    11)SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO – SEPLAD
    12)SECRETARIA MUNICIPAL DE RECURSOS HUMANOS – SMRH
    13)SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PÚBLICAS – SMOP
    14)SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE – SMS
    15)SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO E EMPREGO – SMTE
    16)SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO – SETRAN
    17)SECRETARIA MUNICIPAL DO URBANISMO – SMU

  10. LENZA TOLEDO
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 9:36 hs

    Resumindo: É preciso acabar com todos os sindicatos. Simples assim.

  11. sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 9:56 hs

    já conheciam o gordo “bobo”, votaram de novo nele por que?

  12. Roberto
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 9:58 hs

    Ajuste Sim. Maldade Não.

    Não podemos fazer este ajuste atabalhoadamente, grecamente…Tem de cortar onde ta sobrando, não onde falta.

  13. Fabio
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 11:53 hs

    Por 7 votos a 3, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) declararam nesta quarta-feira (5) inconstitucional o direito de greve de servidores públicos de órgãos de segurança e decidiram proibir qualquer forma de paralisação nas carreiras policiais.

    Embora tenha proibido as greves nas polícias, a Suprema Corte também decidiu, por maioria, que o poder público terá, a partir de agora, a obrigação de participar de mediações criadas por entidades que representam servidores das carreiras de segurança pública para negociar interesses da categoria.

    A decisão do STF terá a chamada repercussão geral, ou seja, deverá ser seguida por todas as instâncias da Justiça.

    “Algumas atividades do Estado não podem parar de forma alguma. E a atividade policial é uma delas” (José Bonifácio de Andrada, vice-procurador-geral da República)

  14. Farofino
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 11:59 hs

    Greca quer economizar, mas tem Companhia que inchou seu Organograma de Comissionados e com mesmo sobrenome ou próximo grau parentesco!!

  15. JOHAN
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 12:07 hs

    Caro FÁBIO, os dirigentes municipais estão enrolados. Receberam de herança a gestão de municípios que estão quebrados, aliados a contingentes de funcionários que desejam continuar a receber as mordomias patrocinadas pelas gestões dos membros das ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS PETISTAS E SUCESSORAS. Os prefeitos já estão reféns dessa classe, porém como opção por terem ganho a eleição, e agora desejam colocar o restante da sociedade como refém também. Isso não é admissível. Coloca todos os guardas municipais em greve, em regime de desligamento, e procede a demissão por falta ao serviço, e convoca a Policia Militar para dar segurança a população, pois trata-se de responsabilidade do estado garantir a segurança pública. Não tem essa de nhe-nhe-nhe. Chega de dirigente frouxo. Atenciosamente. .

  16. RESPOSTA AO FABIO
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 15:29 hs

    ESTES MESMOS MINISTROS NÃO RECONHECEM AINDA A APOSENTADORIA IGUALITÁRIA PARA TODOS OS AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA,OU SEJA, PRIMEIRO QUEREM IMPLEMENTAR O ÔNUS E NUNCA O BÔNUS,NA HORA QUE CONVÉM, A BALANÇA PENDE PARA O LADO QUE MAIS INTERESSA. ALIÁS SR GRECA COMO É ESTA HISTÓRIA DE RETIRAR O RISCO QUANDO O SERVIDOR DE SEGURANÇA ENTRAR DE FÉRIAS???? MINHA CASA JÁ FOI ATACADA UMA VEZ POR BOMBAS E OUTRA COM TIRO,TENHO COMO PROVAR !! AÍ VOCÊ QUER QUE EU SAIA DE FÉRIAS CORTANDO MEU RISCO DE VIDA???

  17. RESPOSTA AO JOHAN
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 15:38 hs

    VÊEM FALAR EM HERANÇAS ANTERIORES? ACORDA FILHO !! O MESMO GRUPO QUE DOMINAVA 20 ANOS ATRÁS ESTÁ AÍ !! OUTRA COISA: A MAIS DE 10 ANOS FOI PEDIDO EM CONGRESSO MUNICIPAL,ESTADUAL E FEDERAL,POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA,PARA OS POLÍTICOS DE PLANTÃO NÃO INVENTAREM MODA E USAR ÀS FORÇAS POLICIAIS COMO MARKETING POLÍTICO. QUANTO A OBRIGAÇÃO DE SEGURANÇA DOS CIDADÃOS,É UM DEVER DE TODOS INCLUSIVE DOS PREFEITOS ZELAR PELA SEGURANÇA DOS SEUS MUNÍCIPES

  18. promessa
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 15:46 hs

    SE TÊM UMA CATEGORIA DE DETESTA POLÍTICOS OU PARTIDOS SÃO ÀS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA NESTE PAÍS,NÃO TEMOS LIGAÇÕES COM A OU B,NA IMENSA MAIORIA O QUE FIZERAM PARA A SEGURANÇA PÚBLICA ATÉ HOJE, FOI UTILIZAR ÀS FORÇAS COMO MARKETING DE CAMPANHAS,MAIS DE EFETIVO PARA MELHORAR A SEGURANÇA DOS CIDADÃOS POUCO PRESTOU

  19. JOHAN
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 18:10 hs

    Caro FÁBIO, se o município não consegue administrar a SEGURANÇA PÚBLICA MUNICIPAL, não pode colocar a segurança pública de toda a sociedade nas mãos de pessoas que não conhecem a responsabilidade que está substanciada na segurança pública. A 14 anos para cá, o país vive no país das maravilhas, não foi realizada nenhuma reforma que a sociedade desejava, o momento era gastar o que se podia. Agora chegou a hora da verdade. Caso o município não tenha recursos orçamentários previstos, a sociedade não pode mais bancar aumento de impostos para cumprir programas solidários de aumento salarial para o funcionalismo público. Chega. Iniciar processo de demissão já. A sociedade está desarmada para garantir sua própria segurança. Mobilização social. Atenciosamente.

  20. Anônimo
    sexta-feira, 7 de abril de 2017 – 20:08 hs

    O cara que falou que guarda ganhe bem, no minimo é PM.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*