Delação da Odebrecht atropela reformas | Fábio Campana

Delação da Odebrecht atropela reformas

Lauro Jardim, O Globo

Henrique Meirelles anda preocupado. Em conversas privadas tem dito que o calendário da Reforma da Previdência foi atropelado pela delação da Odebrecht.

No momento em que começa a tramitar o projeto do governo, alguns dos principais ministros e os chefes da Câmara e do Senado devem ser alvejados pelas 77 delações. A dúvida é: como em meio ao tiroteio eles poderão ter cabeça para se concentrar numa matéria tão delicada?

Será que, além de de tentar fazer passar a impopular anistia ao caixa dois, os parlamentares terão coragem de votar favoravelmente a um projeto controvertido como o da Reforma da Previdência?


2 comentários

  1. NA CORDA BAMBA
    segunda-feira, 3 de abril de 2017 – 11:43 hs

    Nenhum político tem condição de pensar em alguma reforma do
    governo antes de tentar livrar a própria pele da cadeia. Mas sem
    problemas porque até o final do ano as cadeias estarão superlota-
    das de políticos e alguns poderão ter anistia. É só ver para crer…

  2. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 3 de abril de 2017 – 13:51 hs

    Veio muito bem a calhar a delação nesta época para muitos funcionários públicos de altíssimo luxo que não querem nenhuma reforma que mexa no seu queijo camembert com geleia e no caviar beluga. Querem que tudo fique como está, pouco importando que o país vá à breca.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*