Cresce adesão |à greve geral em Curitiba | Fábio Campana

Cresce adesão |à greve geral em Curitiba


A greve geral marcada para a sexta-feira (28) contra as reformas Trabalhista e da Previdência terá a participação de várias categorias. Na tarde de hoje, trabalhadores da limpeza pública de Curitiba decidiram cruzar os braços. Com informações da Banda B.

Devem participar da mobilização os servidores municipais de Curitiba: profissionais do magistério, guardas e funcionários que atuam em unidades de saúde -, professores da rede estadual e particular, metalúrgicos, bancários e policiais civis. Os motoristas e cobradores de ônibus da Grande Curitiba definem hoje se param ou não os trabalhos na sexta-feira.

Em âmbito nacional, pilotos e comissários de voo optaram por entrar em estado de greve nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Campinas. Na capital paranaense, o protesto deve reunir milhares de trabalhadores, com a concentração marcada para as 9 horas na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico.


Um comentário

  1. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 26 de abril de 2017 – 6:35 hs

    Infelizmente apesar do caos que isto vai provocar sou partidário
    da frente popular para passar a limpo este país. Precisamos sim
    fazer movimentos contra o governo que jogou nas costas do povo
    brasileiro os prejuízos catastróficos que os políticos produziram. Que
    outra alternativa temos se a aposentadoria virou auxílio funeral e
    as leis trabalhistas ainda continuam em uma verdadeira corda bam-
    ba !? Deixem os empresários ganharem dinheiro e empregando à
    vontade. Parem de criar leis e barreiras para a ida e vinda de traba-
    lhadores que hoje prejudicam os mais honestos porque as leis tra-
    balhistas de hoje viraram muletas para os sadios !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*