Aécio: 'Beira o ridículo' | Fábio Campana

Aécio: ‘Beira o ridículo’

Painel, Folha de S. Paulo

Aécio Neves (PSDB-MG) disse que “beira o ridículo” o relato de um delator da Odebrecht de que a empreiteira sugeriu ao Pastor Everaldo, em 2014, ajudar o mineiro nos debates perguntando a ele. “Queria o contrário: Que Dilma e Marina me perguntassem, e eu a elas.”

O tucano lembra que as rivais lideraram a corrida até às vésperas do primeiro turno e o isolaram em confrontos na TV. “Se quisessem me ajudar de verdade, bastava não terem doado os R$ 150 milhões em caixa dois que dizem ter dado a Dilma.”


2 comentários

  1. Macambúzio
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 11:51 hs

    Aécio se socorre em dois depoimentos dos Odebrecht, onde Marcelo e outro diretor da empresa asseguram que NÃO HOUVE CONTRAPARTIDA com relação aos valores doados à campanha dele!! Assim, se não houve contrapartida, PROPINA NÃO FOI, mas Caixa 2, isso em relação à parcela não declarada ao TSE!!! Faz sentido!!!

  2. FUI !!!
    terça-feira, 18 de abril de 2017 – 5:36 hs

    O Aécio é aquele playboizinho que tentava ganhar um Mustang
    e ficou com um fusca na mão. Belo candidato em páreo duro com a
    Dilmanta. Levava grana igualzinho aos outros e já cheirava pó…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*