A defesa de Osmar Dias | Fábio Campana

A defesa de Osmar Dias

Celso Nascimento, em sua coluna na Gazeta do Povo, mostra as primeiras linhas da defesa de Osmar Dias, que pretende arquivar, de imediato, o pedido de investigação feito contra ele.

Na defesa 1

Advogados de Osmar Dias detectaram vários “furos” e esperam já nos próximos dias ingressar com pedido de arquivamento sumário da delação em que o ex-presidente da Odebrecht Ambiental, Fernando Reis, diz ter repassado R$ 500 mil diretamente, em caixa 2, ao então candidato ao governo paranaense na eleição de 2010. Planilhas do departamento de propinas da empreiteira, de fato indicam uma doação naquele valor e no mesmo mês (setembro) citado pelo delator, mas ao diretório nacional do PDT e de forma legal.

Na defesa 2

Segundo os advogados, tratava-se de uma doação oficial e não de caixa 2, ao contrário do que disse o delator, e nem foi negociada por Osmar mas pelo presidente do PDT, Carlos Lupi. Foi depositada na conta do diretório nacional do partido (Banco co Brasil, agência 1257, c/c 33.311-5), posteriormente repassada à campanha de Osmar Dias e registrada em conta específica do seu comitê financeiro. O valor fez parte de um total de R$ 5 milhões transferidos e registrados pelo partido como contribuições legais.


9 comentários

  1. Palpiteiro
    domingo, 16 de abril de 2017 – 12:29 hs

    Simples e fácil. Todos são inocentes.

  2. Se Acarmeje
    domingo, 16 de abril de 2017 – 14:48 hs

    Caro Editor.
    Vossa preocupação extrema em se adiantar aos fatos denota algo além(..).
    Deixemos as investigações seguirem,
    daí sim as coisas se esclarecem.
    “Tei quirise”

  3. MAURÍCIO
    domingo, 16 de abril de 2017 – 16:08 hs

    Senhor Fabio Campana, hoje dia 16/04/2017, domingo de Pascoa, participei de um almoço aqui em Curitiba, no qual havia em torno de 200 pessoas (parentes e amigos), assunto geral que foi comentado delação Odebrecht. A surpresa geral de todos foi o envolvimento do Osmar Dias (Caim), por incrível que pareca todos acreditam na palavra do delator Fernando Reis. Outros fato que me chamou atenção no almoço é que as pessoas acreditam que o Caim pegou os 500.000,00 e ficou com o dinheiro somente para ele, não repartiu com os candidatos do partido a Vereadores e Deputados. Notei também que as pessoas já estão cansados destes políticos velhos, está na hora de surgir liderança com sangue novo e não fazer da politica uma profissão.

  4. Paulo Tadeu Macedo Neves
    domingo, 16 de abril de 2017 – 20:20 hs

    A Gazetona vai embora, até que enfim.
    Antes porem, vão tentar fazer o novo governador do Paraná.
    Tentaram de todas as maneiras possíveis e imagináveis reeleger o ex prefeito FRUET.
    Sabiam que as tetas iriam secar se houvesse a troca de comando.
    Agora novamente tentam de todas as maneiras, mostrar que os seus candidatos ( Osmar Dias) é limpinho.
    Estão tentando com todos os seus blogleiros e colunistas fazer a imagem de um bom moço e destruindo a reputação dos seus concorrentes.
    Quer a Gazetona escravizar o povo paranaense.
    Diga NÃO a gazetona.

  5. Prof. Marco
    domingo, 16 de abril de 2017 – 21:04 hs

    Tenho certeza absoluta que o pedido de investigação contra o Osmar vai ser prontamente arquivado. Como este tal de Fernando Reis pode afirmar esta mentira, isto está me cheirando a armação politica para prejudicar o Osmar.Nós acreditamos na honestidade e credibilidade do Ex. Senador

  6. AMO
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 7:05 hs

    Com o Carlos Lupi não conversa, ou o Osmar Dias e o Ciro Gomes se livram dessa desgraça ruim, ou vão pro buraco junto com ele. O cara e ladrãozinho safado.

  7. Roberto Cardoso
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 8:32 hs

    Eu nao confio nos irmãos Dias. Onde há fumaça, há fogo.

  8. Ius ars boni at equi
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 8:56 hs

    Esse tipo de procedimento tem um defeito: “…se permite abrandar a pena de um em troca da denúncia de muitos outros”. Logo, parece que quanto mais pessoas o delator citar, mais faz valer os benefícios concedidos a ele pela Justiça, em face de sua “colaboração”, não cabendo, por óbvio, qualquer juízo de mérito sobre as afirmações e implicações, deixando isso para a fase seguinte.
    Tenho certeza de que verdade se manifestará na defesa de Osmar Dias e ele será nosso próximo Governador, alinhado com seu irmão Álvaro Dias na Presidência da República, o que trará uma condição única de destaque para um Estado historicamente esquecido nacinalmente.

  9. JOHAN
    segunda-feira, 17 de abril de 2017 – 11:12 hs

    Caro FÁBIO, como o OSMAR já percebeu, está nas mãos do Carlos Lupi. Caso persista, ficará fora novamente. Saia já daí. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*