Temer afasta 33 servidores e fecha 3 frigoríficos | Fábio Campana

Temer afasta 33 servidores e fecha 3 frigoríficos

O governo Temer afastou nesta sexta-feira, 17, após os desdobramentos da Operação Carne Fraca, 33 funcionjários lotados no Ministério da Agricultura. O anúncio, segundo o site da Revista Veja, foi feito pelo secretário executivo, Eumar Novacki.

Além disso, três frigoríficos foram fechados por envolvimento no esquema revelado hoje pela Operação Carne Fraca, que desvendou um sistema de liberação ilegal de carnes por empresas mediante o pagamento de propina a agentes responsáveis pela fiscalização sanitária.

Segundo Novacki, foram interditados um frigorífico na cidade de Mineiros, em Goiânia, que pertence à BRF, um dos maiores grupos no mercado de carne do país, e dois da empresa Peccin Agroindustrial, em Jaraguá do Sul (SC) e Curitiba (PR). Outros 21 frigoríficos que estão sob suspeita ainda serão investigados por uma força-tarefa montada pelo Ministério da Agricultura.

O esquema desmantelado pela PF seria liderado por fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio, além de executivos das empresas BRF e JBS, dois dos líderes do setor. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT), informou por meio de nota que será necessário “separar o joio do trigo” e afirmou que o que foi descoberto pelas investigações é “um crime contra a população brasileira, que merece ser punido com todo o rigor”.


Um comentário

  1. sábado, 18 de março de 2017 – 14:56 hs

    Esse Temer é idiota onde já se viu fechar os frgorificos quando na verdade devia somente prender os bandidos que neles operavam, esse Brasil não vai a lugar nenhum com um presidente cego igual a esse.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*