Rocha Loures assume mandato na Câmara | Fábio Campana

Rocha Loures assume mandato na Câmara

O ex-assessor do presidência, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) reassume nesta terça-feira, 7, uma cadeira na Câmara dos Deputados e será vice-líder do governo Temer. Primeiro suplente do PMDB do Paraná, Rocha Loures vai ocupar a vaga do deputado Osmar Serraglio (PMDB), novo ministro da Justiça. As informações são da coluna Política em Debate no Bem Paraná.

Um dos principais colaboradores de Temer, Rocha Loures deixa a assessoria especial de Temer para ajudar na aprovação das reformas da Previdência e Trabalhista. Na função de vice-líder do governo, sua missão será unir e articular a base aliada, hoje composta por 20 dos 27 partidos representados na Câmara Federal.

“Temos pela frente o debate e a votação de reformas estruturantes, que são fundamentais para o país. Já demos o primeiro passo com a aprovação da PEC do teto dos gastos públicos e agora é necessário avançar para garantir o equilíbrio das contas públicas, a redução da taxa de juros e a recuperação da economia”, afirma.

Rodrigo Rocha Loures foi deputado federal pelo Paraná de 2007 a 2011. Em 2010, foi candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo ex-senador Osmar Dias (PDT). Em 2014, não conseguiu se eleger para a Câmara. Desde 2011 é um dos assessores mais próximos de Michel Temer, primeiro na Vice-Presidência e agora na Presidência da República.

Rocha Loures, aliás, já está sendo cotado para assumir interinamente a chefia da Casa Civil do governo Temer. Segundo a imprensa nacional, ele é um dos nomes cogitados para substituir Eliseu Padilha, que após ser citado na delação da Odebrecht, pediu uma licença médica do cargo sob a justificativa de tratar de um problema na próstata.

Com o agravamento das denúncias contra Padilha, já há quem defenda que ele não volte mais ao governo, e o paranaense poderia substituí-lo, assumindo a coordenação política da gestão Temer junto ao Congresso.


Um comentário

  1. henry
    terça-feira, 7 de março de 2017 – 12:54 hs

    ATÉ QUE ENFIM, DEIXOU DE SER O ETERNO “carregador de pasta” DO TEMER.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*