Professores municipais continuam em greve | Fábio Campana

Professores municipais continuam em greve

Os professores da rede municipal decidiram continuar em greve por tempo indeterminado. A proposta feita por funcionários da Secretaria de Administração e Recursos Humanos de aguardar a formatação do pacote de ajuste fiscal prometido por Greca para, então, discutir a implantação do novo plano de carreira não foi aceita pela categoria.

Os docentes falam que pelo menos 7 mil dos 10 mil profissionais da área aderiam à paralisação iniciada nesta quarta-feira (15). E 140 escolas das 184 estavam fechadas, enquanto 30 funcionaram parcialmente.


2 comentários

  1. eleitor desmemoriado
    quarta-feira, 15 de março de 2017 – 19:55 hs

    Quero ver até onde via a valentia da professorada, o Greca não é nem o Betinho Banana nem o palerma do ex-prefeito, quando os descontos nos salários começarem aí também começa a choradeira e o medo apavorante de perder a sacrossanta Licença Prêmio por Assiduidade. Aí eu quero se insistem na greve. O órgão de qualquer um, até dos servidores públicos que, mais dói continua sendo o bolso.

  2. FUI !!!
    quinta-feira, 16 de março de 2017 – 5:27 hs

    Caríssimos professores, apesar do direito à greve e de tantas pa-
    ralisações que tivemos, não colocam a mão na consciencia e visua-
    lizam que os alunos e pais de alunos são os únicos prejudicados !?
    Voces continuam com o comando da categoria nas mãos do PT
    e a grande massa de manobra já passaram o recado a todos os alu-
    nos que o negócio aqui no Brasil é greve independente do resultado final !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*